Casa Antiga – Rua Campinas do Piauí

O São Paulo Antiga tem feito visitas frequentes a regiões mais distantes do centro de São Paulo em busca de casas antigas interessantes fora dos eixos mais tradicionais. E um dos bairros que tem sido nosso alvo ultimamente é Itaquera. Por lá tem muita coisa que vale a pena documentar para a posteridade, entre elas a Chácara Sudan.

Claro que sempre ficamos ávidos por palacetes e mansões de encher os olhos, afinal este tipo de construção sempre atrai mais atenção. Mas é também em imóveis menores, bem menores, que encontramos belezas que muitas vezes deixamos passar despercebidas.

E Itaquera não decepciona quando estamos procurando estas casas antigas significativas. Dessa vez retornei a uma rua que já havia fotografado anteriormente e encontrei uma casa que escapou naquela visita anterior, me refiro à Rua Campinas do Piauí.

clique na foto para ampliar

Essa casa apesar da pintura “expirada” está em excelente estado de conservação e tem muitos detalhes típicos das residências paulistanas antigas. Localizada no número 453, o imóvel tem alguns adornos de época que são encontrados também em outros bairros paulistanos.

Um deles, que me leva a uma recordação saudosa de infância, é o chafariz de luz que pode ser avistado no jardim. Lembro-me claramente que era uma das coisas que me divertiam na casa dos meus avós paternos. Se você clicar aqui vai conhecer a casa deles e verá numa foto antiga minha o mesmo tipo chafariz no fundo da imagem.

A casa tem um belos balaústres que são do mesmo padrão tanto no muro quanto na área de entrada. Outro detalhe que sempre gosto muito são os tradicionais pisos de caquinhos vermelhos presentes na escada e no quintal. Por fim os detalhes da fachada sob a janela do quarto são outro detalhe a mencionar.

Resumindo… eu não sei vocês, mas eu adoraria morar numa casa como esta.

Veja mais fotos (clique para ampliar):

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
Cadastre-se para receber nossa newsletter semanal e fique sabendo de nossas publicações, passeios, eventos etc:
ouça a nossa playlist:

4 respostas

  1. As mansões e os palacetes do passado realmente são de encher os olhos, mas sinceramente eu admiro as casinhas mais simples e singelas como esta, àquela época havia uma preocupação estética mesmo nas construções mais simples, de enfeitá-las com adornos e deixá-las mais aconchegantes, com jeitão de casa de vó, que nos remetem a tempos mais tranquilos, humanos e fraternos.

    1. Talvez a educação das pessoas, de um modo geral, fosse diferente. Ou melhor mesmo. Talvez as pessoas fossem mais calmas. O dia-a-dia delas era diferente. As preocupações eram outras há há sessenta, setenta anos atras.
      Pode ser que isso explique esses “tempos mais fraternos” que você definiu.

  2. É exatamente o que você escreveu, Luiz Henrique, o povo era muito mais educado, não havia tanta gente por aí, os vizinhos se davam, o tempo era mais pacato, enfim, tudo era melhor, curioso mesmo é eu sentir saudades do que não vivi, em que pese na minha infância as coisas eram melhores.

  3. É super- estranho isso pra mim também, Emerson; sentir saudade de uma época que eu não vivi…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.