Em uma cidade repleta de grandes edifícios como São Paulo é realmente gratificante quando nela encontramos prédios menores, de até 5 ou 6 andares, que costumamos chamar de “predinhos”.

Muitas vezes sem garagens e sem elevadores essas edificações menores conversam muito melhor com a cidade não agredindo o visual urbano com torres que dá até torcicolo de olhar e nem mesmo roubando o sol de seus vizinhos por conta da altura exagerada. Não que aqui sejamos contra arranha-céus, entretanto em bairros esse tipo de construção exagerada bem que poderia ser mais controlada.

Na Rua Sud Mennucci, bairro de Vila Mariana, encontramos esse “predinho” adorável que não poderia deixar de registrar:

clique na foto para ampliar

Dotado de dois andares, além do térreo, e de dois apartamentos por andar esse pequeno edifício é realmente adorável. Erguido em meados da década de 1950 ocupa um terreno relativamente pequeno em uma curva bem na parte inicial desta rua e pode-se dizer que a área foi muito bem aproveitada.

Claro que o lote permitia um edifício de gabarito e altura maiores, mas a escolha por um pequeno prédio foi bastante feliz. O legal é que seu vizinho à esquerda também é baixo, com quatro andares mais o térreo.

Muitas vezes esses edifícios são de um único proprietário e serve para obter renda para a família por décadas e gerações (não é o caso deste imóvel). Em São Paulo existe muitas famílias que vivem exclusivamente da renda de locação de pequenos edifícios, muitos deles com imobiliárias próprias.

Neste caso da Rua Sud Mennucci destaco as amplas janelas da área das escadarias (o prédio não possui elevador) de proporcionam ótima iluminação natural. O prédio também possui duas entradas laterais que parecem ser usado como áreas para guardar objetos e afins. Por fim não há garagem mas há um bom espaço na larga calçada que pode ser usado para estacionar veículos sem atrapalhar o trânsito de pedestres.

Uma graça, não é mesmo ? Veja mais fotos com detalhes da construção (clique para ampliar):

Sobre o autor

Jornalista, fotógrafo e pesquisador independente, é presidente do Instituto São Paulo Antiga e membro do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo (IHGSP).

Deixe um comentário!

Comentarios

  • Regina Igel 02/06/2021 at 21:42

    O “predinho” é uma graça e suas observações são muito valiosas!

    Reply
  • Cristiane Tullii 02/06/2021 at 22:29

    Realmente muito charmoso. Será que todos os apartamentos Possuem moradores? Pois essas trepadeiras crescendo nas paredes dá um ar de abandono.

    Reply
    • Tony Costa 05/06/2021 at 20:21

      Sim possui moradores. Todas unidades.

      Nao existe tal coisa como predio abandonado em Vila Mariana.
      O unico predio vazio na Vila Mariana e o Esqueleto da Franca Pinto, e ja ha a placa do Arquiteto de obra.

      Reply
  • ana luiza 02/06/2021 at 23:34

    lindo ! morei nesta rua quando criança de 68 a 75, que ótima recordação e feliz por estar ali bem cuidado e bonito.

    Reply
  • Emerson de Faria 03/06/2021 at 03:49

    Pequeno, singelo e aconchegante, deve ser ocupado por velhinhos, o que em se tratando da Vila Mariana não causa nenhuma estranheza.

    Reply
  • Julio Basle 03/06/2021 at 14:38

    Muito agradecido! Excelente trabalho de documentação fotográfica da cidade!

    Reply
  • Tony Costa 03/06/2021 at 15:19

    O detalhe da porta de entrada social e muito interessante. Note-se como o construtor puxou o trabalho de serralheria do terreo ate quase o teto, o que dara as escadas de circulacao, abundante luz natural. Algo bem pensado, combinando estetica com funcionalidade.
    .
    O predio transmite charme sui generis. Algo que voce muito raramente encontra em edificacoes pre-fabricadas erguidas hoje em dia.

    Reply
  • Carmen lucia 04/06/2021 at 04:16

    amo suas publicações…..nos remete a história um um túnel do tempo onde a imaginação cria asas….com moradias românticas aconchegantes onde residiam as famílias paulistana

    Reply
  • Tony Costa 05/06/2021 at 20:23

    O que as pessoas descrevem como abandono nao bate.

    O predio esta bem mantido, apenas o que se ve e a acao da agua sobre o stucco.

    Reply
%d blogueiros gostam disto: