Casa Demolida – Av. Gen. Ataliba Leonel, 3148

Recentemente abordei em outro texto a respeito da dificuldade de chegar a tempo de fotografar alguns imóveis devido a rapidez de incorporadoras em demolir os terrenos que compram, seja para rapidamente abrir um novo empreendimento ou seja para evitar ações de tombamento.

Mesmo assim, sempre tentamos resgatar ao menos alguma imagem do imóvel ou do que restou no local e também somos muito gratos aos nossos leitores, que enviam sempre dicas de locais em risco de desaparecer ou que tenham sido demolidos recentemente.

Semanas atrás, recebemos o email do leitor Diego Vargas que nos deu a dica de uma casa razoavelmente grande e com um amplo terreno que acabara de ser demolida no número 3148 da Avenida General Ataliba Leonel. Apesar de simples, tratava-se de uma casa antiga bastante ampla e com um enorme terreno ao fundo, repleto de verde e que já foi embora junto (veja o mapa no final do artigo). Abaixo uma imagem mais ampla da área do imóvel:

Ao que tudo indica o local deverá abrigar um estacionamento, pois o terreno foi aplainado e um pedaço da casa foi mantido, para servir como uma espécie de guarita. A cena que encontramos ao chegar no imóvel foi esta abaixo:

Enfim, São Paulo perde mais um imóvel antigo. Como tantos outros que desaparecem de nossas vistas todos os dias.

Saiba mais – Conheça outros imóveis catalogados na Avenida Ataliba Leonel:

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

6 respostas

  1. Nossa!!! Que coisa horrorosa ficou no lugar!!! Até a plantinha que tava na frente envolvida por umas madeirinhas ficou arrasada, tadinha!!!!

  2. Vai me dizer que tooooda aquela área verde ao fundo que se vê no mapa aéreo se foi??
    Que absurdo gente! Até quando?
    Estacionamento? Puxa!

  3. Não achava necessário preservar a casa, que era feia e sem graça, mas era fundamental preservar o verde que existia no quintal. Pelo visto morreremos ou intoxicados pela poluição ou afogados em alagamentos. Lamentável.

    1. Concordo com a sua opinião cara , a casa pode ir pro chão , não ligo , mas o verde deveria ter sido preservado .

      1. As árvores continuam no local e as plantas da frente da casa foram plantadas no fundo do terreno. atrás da casa havia muito mato.

  4. Passei a infancia passando em frente este imóvel, que fica praticamente em frente a Rua Thomé Portes, na época não havia grades sobre o muro, e por muito tempo creio eu a familia que residia ali, mexia com algo relacionados a Alho, pois sempre tinham caixas de alho colocadas para o lixeiro levar.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: