Sobrados – Rua Caio Graco

Gosto muito de bairros da Zona Oeste de São Paulo como Vila Romana, Perdizes e Lapa. É uma região da cidade muito agradável e que apesar das colinas íngremes é bem gostoso para morar, dar suas caminhadas e frequentar os comércios da região. Mesmo com a especulação imobiliária (e que região não tem ?) continua muita aconchegante.

Alguns anos atrás o leitor Fernando Lemos doou para o Instituto São Paulo Antiga uma série de imagens que ele fez na região e cercanias (tem também da Praça da Sé) e aos poucos estamos classificando e colocando em ordem para publicação.

Muitas construções fotografadas sequer existem mais, enquanto outras foram desfiguradas e muitas outras preservadas. O imóvel de hoje é o primeiro dessa coleção que iremos publicar:

crédito: Fernando Lemos (clique na foto para ampliar)

Localizada na esquina da Rua Caio Graco com a Coriolano, na Vila Romana, esse encantadores sobrados fazem parte de um conjunto que segue pela Rua Coriolano, todos geminados, e que pertencem a um mesmo empreendimento antigo.

Com sua construção interessante, contando com porão elevado, fachada com pedras na parte mais baixa e tijolos aparentes na parte superior, esses sobrados conferem um ar europeizado aos imóveis, ao mesmo tempo que lembram alguns outros sobrados charmosos na Rua da Abolição, no bairro da Bela Vista. De todas as seis casas vizinhas, esta por ser de esquina é a maior de todas.

Trata-se originalmente de três amplas residências duas acessíveis pelos números 345 e 349 da Rua Caio Graco e uma terceira pela rua vizinha.

As fotografias foi produzida em 2007 e passado 15 anos ficou a pergunta: Será que elas ainda existem ? A resposta você confere abaixo:

foto: Google Street View (clique para ampliar)

Felizmente – apesar da considerável transformação que sofreram – os sobrados ainda estão por lá. No ano de 2010 eles receberam essa reforma que descaracterizou bastante a parte térrea, removendo janelas para colocarem vitrines amplas. Os charmosos portões baixos foram substituídos por outros altos e gradeados na parte superior. Por fim a intervenção mais questionável foi a pintura dos tijolos aparentes, que reduziu muito do encanto do conjunto.

Porém penso ser muito melhor encontrá-los desta forma do que chegar por ali e ver mais um edifício. E você, o que pensa ? Deixe seu comentário.

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
Cadastre-se para receber nossa newsletter semanal e fique sabendo de nossas publicações, passeios, eventos etc:
ouça a nossa playlist:

3 respostas

  1. Papel de parede e moda.  Quando o pessoal começar a se dar conta do custo de reposição, a constante limpeza, voltarao a pintar a parede pintada.  De tempo…

    Realmente, avacalhou, para mim não é dos males o menor.  Transformou algo com harmonia e beleza, em um lixo. Pior ainda, alguém vendendo um item de decoração, transformando a fachada algo como uma loja do Largo da Concórdia no Brás. Pessoalmente eu jamais entraria numa loja destas para encomendar papel de parede. Casa de Ferreiro, Espeto de Pau, diz o ditado.

    Entenda se que imovel em meio fio de faixa comercial, o térreo, vai ser submetido a mudanças. Há concessões a serem feitas. Porém o que este locatario ou dono fez foi mutilacao.

    Mais em conta ( e entendo que estaria sujeito a depredação ) seria a instalação de toldos nas vitrinas, e placas na fachada. E aquela placa no frontispício, com fórmica em preto, deu o toque de um pesadelo igual as lojas de liquidação na baixa da Rua Teodoro Sampaio. Uma placa pendurada engravada em baixo relevo, com letras douradas, daria um melhor torque.

    Exemplo…. 388 Main St Hyannis, MA 02601 EUA  A placa foi pendurada por uma cantoneira de serralheria.  Veja a sorveteria adiante.. Kilwins. O toldo fala por si. Iluminação, pode se usar o da loja a seguir ( The Silver Seahorse ) olhem na beira superior do fronstpicio.  Outra placa….   The Naked Oyster Bistro & Raw Bar 410 Main St, Hyannis, MA 02601, Estados Unidos

    Outro exemplo….   Arnold Art Store-210 Thames St, Newport, RI 02840, Estados Unidos
    Concede-se que o térreo tem que dar apoio ao varejo.  Porém as características originais foram preservadas ( Newport tem uma Associação de Preservação Histórica forte, não dá para avacalhar, aliás a cidade era conhecida por ser um refúgio veraneio do  dinheiro velho antes da aviação comercial ).  

    Notem a loja de esquina da Starbucks, ao lado.  Veja, do lado da Church Street, os toldos e as luminárias. Os detalhes ornamentais são originais do imovel. A loja por dentro e, alias, muito agradável de se frequentar.  Se a Starbucks ( todas lojas da Starbucks no EUA são propriedade corporativa ) quisesse alterar para se adequar a seu uso, entraria numa batalha judicial contra a Sociedade de Preservação Histórica local que se arrastaria anos nos tribunais  ( Mc Donald’s e Dunkin Donuts sofreram na mão dos tribunais de Boston e Marion por mais de 10 anos para abrirem a porta em endereços tombados, e tiveram que submeter os planos arquitetônicos a se conformar com entorno ).

    O que falta e a padronização do que pode ou não ser feito nestes imóveis.   Isto é algo que a associação de bairro deveria tomar iniciativa e se engajar. alguém está defecando figurativamente no bairro deles, e ninguém toma a iniciativa.  

    Ainda que as janelas originais eram pequenas demais, e não permitiam luz natural, os vidros instalados só pioraram a estética das fachadas.   Seria mais em conta, já que vai alargar os vitros, para colocar algo compatível, com esquadria e, seguindo o desenho original, arqueado no topo.

    Aliás a burrice fica magnificada aqui, pois papel de parede não é algo que um passante enfie o nariz na vitrina para ver.  Você entra na loja, o vendedor vai lhe trazer um mostruário com os padrões, texturas disponíveis. A loja deve chamar atenção, por  apelo próprio, nas sutilezas do conjunto. Péssima   decoração de fachada, implica que o vendedor vai lhe  empurrar o lixo cafona que ele pode pedir ao fabricante ( estas lojas não estocam ).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.