Sobrados da Rua Dr. Tomás de Lima

O centro de São Paulo, especificamente o bairro da Sé, já é completamente tomado por edifícios dos mais variados estilos, tamanhos e alturas. Entretanto mesmo assim em algumas ruas do bairro é possível encontrar algumas casas que ainda sobrevivem em meio ao “paliteiro” do centro.

Na Rua Dr. Tomás de Lima, uma das vias que faz conexão entre os bairros da Sé e da Liberdade encontramos esse adorável conjunto de sobrados geminados muito bem conservados:

clique na foto para ampliar

Construídos na primeira década do século XX estes seis sobrados geminados são excelentes representantes de um centro de São Paulo mais residencial que praticamente não existe mais.

De acordo com nossa pesquisa em base do IPTU da Cidade de São Paulo todas as casas pertencem a uma única pessoa. Esse tipo de imóvel/habitação era muito comum antigamente pois era construído para servir de renda para famílias e, pelo visto, ainda serve a este propósito.

clique na foto para ampliar

Descendo outras ruas da região, em direção à Liberdade (região da Rua do Glicério) você encontra muitas casas antigas, porém nem todas em bom estado de conservação. No caso destes da Tomás de Lima, espero vê-los preservados por um bom tempo ainda.

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:
Cadastre-se para receber nossa newsletter e fique sabendo de nossos passeios, eventos etc

 

* preenchimento obrigatório

14 respostas

  1. São seis ( números, ) e três propriedades distintas.  Ao que me parece, uma entre as 3 tem um segundo signatário, o que pode ser uma cessão ( contrato de gaveta ?)
    Espaçosas, para o padrão urbano atual em termos de moradia , tanto em terreno como em área construída.   Hoje em dia, pobre remediado, sequer conseguiria comprar algo assim.

  2. O que entristece é ver a “obra” de pixadores… Falta EDUCAÇÃO E CIVILIDADE aos brasileiros. residentes em São Paulo, muitos deles descendentes de nordestinos e nortistas… São Paulo ERA MUITO MAIS LIMPA quando tais elementos não estavam por aqui…

  3. A antiga Rua Bonita que já foi chamada de Rua do Moinho de Vento. Tenho uma imagem da época que era a Rua Bonita por algum motivo desconhecido. Estas casas ficam do lado oposto de onde está o Castelo do Conde de Sarzedas.

      1. Eu tenho em casa um livro sobre a história do café no Brasil e há textos dedicados à cidade de São Paulo, como tinha que ser, e há várias fotografias antigas do centro da cidade, e tem essa também, a Rua Bonita. As casas eram bonitas, mas a rua em si…
        Também vou tentar mandar as imagens, ok?

  4. Na região, mais precisamente no número 31 da Rua Santa Luzia, tem um baita casarão estilo “!castelo”, muito bem preservado. Parece que há moradores.E os tradicionalíssimos caquinhos vermelhos na garagem…

  5. Estão aparentemente bem conservados perto de muitos que a gente costuma ver, pelo que parece pertencem a um único proprietário dá p/ notar pela uniformidade da pintura e conservação, se tivessem vários proprietários, cada um estaria pintado de uma cor, teriam “arrancado” portas e janelas e subistituido por outras muito diferentes.

  6. “encontramos esse adorável conjunto de sobrados”. Tá brincando né ? Pelo visto você não deve ter ido pessoalmente. Tenho uma casa na rua e hoje tanto ela (rua) quanto a “nova” Mituto Mizumoto é tomada por moradores de ruas dos quais migraram da antiga “ Cracolândia “. Bairro com cheiro insuportável e muito perigoso, não há nada de adorável. Não há uma casa “inteira” inclusive essa da sua foto, pois atrás desse “sobrado “ foram reconstruído várias estruturas “temporárias “ para o uso do tráfego.
    Para os que acham bonito, e um “classico” deveriam morar lá. Inclusive estou vendendo a propriedade caso alguém queira.

    1. E o que o Sr. está fazendo para melhorar a região já que tem propriedade ai além de reclamar na internet ? Pelo visto não muita coisa…. se melhorar seu bairro, melhora a propriedade que você está vendendo.
      Concordo que a região não está na sua melhor fase, mas ainda existem muitas construções bonitas na região.
      Sobre o “não deve ter ido pessoalmente” acho que pelo visto não conhece nosso trabalho e não sabe que tiramos as fotos nós mesmos…

      1. Realmente não conheço o trabalho e não quis ofender. Peço desculpas se causei isso.
        Meu desconforto é que muitas pessoa olham de longe elogiando mas não chegam perto. Morei 25 anos no bairro e na rua. Nunca vi ninguém de fora cuidando mesmo.
        Novamente peço desculpas se causei impressão de ofensa.

  7. Ha rua e boa e só em reformas dos sobrados pinturas cuidar do património historico do bairro.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: