Sobrado – Rua Lorde Cockrane

Um dos meus bairros prediletos em São Paulo, o Ipiranga, é uma ótima região da cidade repleta de casas e casarões antigos, ruas largas e muita história. Afinal, o bairro é o berço da Independência do Brasil.

E a cada residência antiga que descubro por ali, fico ainda mais encantado com o bairro e com o carinho que seus moradores dão para suas casas. Muitas delas bastante preservadas.

É o caso deste simpático sobrado:

clique na foto para ampliar

Como não ficar encantado com tão bela construção ? Localizada na Rua Lorde Cockrane, não tem como deixar de notar esta casa incrível construída bem no meio do quarteirão entre as ruas Costa Aguiar e Bom Pastor.

Erguida na primeira metade do século passado, a residência tem vários detalhes que a fazem muito especial. A começar pelo estado impecável de preservação que se encontra e pela ótima escolha de cores da fachada, um tom de areia com detalhes em verde escuro e também em branco.

No andar superior do imóvel, o primeiro detalhe que me chama a atenção é o pequeno nicho no frontão, logo acima das janelas. Ali repousa a imagem de Nossa Senhora das Graças. Esses pequenos altares ou capelinhas são bastante comuns em residências antigas, onde a devoção católica era exposta já na entrada da casa. Atualmente com uma pluralidade religiosa maior, muitas destas capelas ficam vazias quando se trata de residência outrora de católicos e atualmente ocupados por professantes de outra ou de nenhuma religião.

Na foto destaque para a capelinha e as janelas separadas por uma coluna.

Logo abaixo do altar duas pequenas janelas do que aparenta ser um quarto, sendo que estão separadas por uma pequena coluna salomônica entre elas. A opção de pintar a coluna e base dela de verde deu um grande destaque à área.

No lado direito ao das janelas uma pequena varanda onde podemos notar os cobogós pintados também de verde. Sob a tal varanda está a entrada casa, que também comporta a entrada de veículos. Uma outra garagem fica do lado esquerdo.

Soma-se toda esse esmero com a construção uma calçada bem cuidada e sem obstáculos e temos uma residência perfeita, não é mesmo ? O que você achou dela ? Comente!

Veja mais fotos da casa:

Atualização – 26/10/2018
De acordo com seu atual proprietário Laurindo Ayres, a casa foi construída há mais de 100 anos por seus avós, Bianca Maggie e Parise Puccetti.
Informações atualizadas com a colaboração dos leitores: Laurindo Ayres, Flávio Simões Lopes e Lucio Gomes Machado. A todos vocês meu muito obrigado!

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

23 respostas

  1. Muito linda mesmo,chega até emocionar a gente…Será porque deixaram acabar com tanta arquitetura bela para dar valor à outras sem charme e sentido???Adorei!!!

  2. De extremo bom gosto a fachada e as cores escolhidas. Praza Deus que os vândalos demorem a lhe por os olhos. Quanto a imagem, creio (sem certeza absoluta) que é uma Nossa Senhora da Conceição

  3. Douglas,
    Uma pequena correção:: o elemento que você aponta é um nicho. Altar é a mesa que serve ao culto e retábulo é o elemento vertical que fica atras do altar.
    Parabéns pelo site.

  4. A Santinha é Nossa Senhora da Graça
    Quem vos fala é o proprietário da referida residência
    Foi construída a mais de 100 anos
    Pela minha nona Bianca Maggie
    É seu marido Parise Puccetti
    Uma das primeiras casa da referida rua
    Sou o neto . Caçula
    Laurindo Rolim Ayres
    Cuido do referido imóvel com muito carinho
    e respeito a memória de meus antepassados
    Agradeço de coração a forma com que falou da referida residência

  5. Eu conheço essa casa, pois morava na minha infância praticamente ao lado. Nela mora até hoje meu amigo de infância Laurindo Rollin Ayres. No fundo a uma outra casa terrea muito espoçosa e tbem muito bem cuidada. Onde hoje é a garagem antigamente era o Bazar e Armarinho do Sr. Parizze Puchet, antigo proprietário e Avó do meu Amigo. Que bela recordação.

  6. Um dos mais belos q já vi! E muito bem preservado, até nos detalhes!

  7. Uma graça essa residência .
    Parabéns aos seus proprietários que demonstram orgulho , respeito e carinho pelo histórico dessa obra de arte ……

  8. Que lindo! Adoro o bairro do Ipiranga, onde eu nasci e passei minha infância e juventude! Hoje moro no interior do estado, mas nunca me esquecerei do bairro! Parabéns pelo belo trabalho!

  9. Esse bairro é mesmo incrível. Uma casa com mais de cem anos, perfeitamente preservada e ainda com a mesma família? Coisas do Ipiranga!
    Parabéns ao Sao Paulo Antiga pela matéria e aos proprietários do imóvel pelo exemplar respeito à memória, tanto da própria família, quanto à do bairro e a do Brasil.

  10. Parabéns Laurindo ! No gênero, sua casa é uma das mais bonitas já apresentadas pelo Douglas. Obrigado pelo esclarecimento do nome da santa.

    1. Em Campinas demoliram há muito tempo atrás uma que tinha uma imagem de Nossa Senhora do Rosário.

  11. Residência muito bem cuidada e preservada, parabéns ao proprietário! E que bacana que ainda permanece com a família! Infelizmente muita coisa do Ipiranga já se foi, como podemos ver aqui mesmo no SPAntiga. Havia uma casa bem interessante na rua Clemente Pereira, 64, mas deu lugar a um prédio, pelo Google Street View dá pra se ter alguma idéia nas imagens de 2010.

  12. Parabéns Douglas! Adoro ler suas matérias, que atiçam minha curiosidade de conhecer os locais citados.

  13. O Histórico bairro do Ipiranga é realmente merecedor desse tipo de preservação arquitetônica. Parabéns ao sr. Laurindo proprietário conservador do imóvel, e também ao jornalista Douglas pela bela reportagem.

  14. Adorei! Parabéns pela preservação. Eu morei em uma casa antiga, construída no Bairro do Ipiranga, nos anos 1930, pelos meus avós maternos, da qual me mudei com meus pais, em 1988, indo para São Bernardo do Campo. O comprador, à época, reformou a antiga casa deixando diversos detalhes originais preservados, porém, mais recentemente, ela acabou sendo demolida, e no lugar, construído um novo prédio, de estilo moderno. O endereço é Rua Mauricio de Castilho, 30, ao lado do antigo Cine Pax, número 20, onde nos anos 1980 foi estabelecida uma confecção. Creio que o proprietário da casa ainda seja o mesmo dono dessa confecção. Essa mesma rua, três quadras para cima vai chegar no Museu do Ipiranga. Saí do Ipiranga, mas ele nunca saiu de mim, do meu coração, da minha memória, da minha alma!

  15. Casa muito, muito bonita.
    Sou de Brasília, DF.
    Aqui não existem casas como essas.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: