Sobrado – Rua Conselheiro Carrão, 583

Construções antigas, mesmo abandonadas e deterioradas, sempre chamam atenção pela beleza de seus traços arquitetônicos. São detalhes na fachada, algumas vezes bem pequenos que sempre que notamos ficamos impressionados com o esmero que os construtores antigos empreendiam em seus trabalhos.

E este capricho e dedicação dos arquitetos de outrora se revelam em todos os cantos da cidade de São Paulo que possui alguma construção do passado.

E no bairro da Bela Vista, região central da cidade, é muito fácil encontrar estas construções com belos detalhes arquitetônicos. Infelizmente boa parte dos imóveis antigos da região está em uma situação lamentável, abandonados, pichados, semi demolidos. Mesmo assim, passear por este que é um dos bairros mais agradáveis da capital pode revelar a cada rua que se entra uma grata surpresa.

E foi o que encontramos na altura do número 583 da Rua Conselheiro Carrão, já no seu quarteirão derradeiro próximo da esquina com a Rua Almirante Marques de Leão. Um antigo sobrado do início do século XX .

clique na foto para ampliar

Este belo imóvel é daqueles que impressionam por sua imponência, com pé direito alto, arquitetura peculiar que a difere de todos os seus vizinhos e até um agradável quintal ao fundo com uma frondosa árvore que pode ser notada logo da rua. O porão também é bem alto, diferente do que é costumeiro, e ocupa o nível térreo do imóvel ao invés de estar no subsolo.

Sua fachada sofre com os anos de esquecimento, já que parte do acabamento descolou e caiu deixando aparente a sólida construção toda feita em tijolos. Os vândalos de plantão já se encarregaram de depredar vários vidros do andar superior, e o poder público faz sua parte para degradar a vista do imóvel ao não enterrar a fiação da cidade e deixar o poste diante do sobrado (veja penúltima foto da galeria) parecer uma miríade incompreensível de fios e cabos. Imagine que agradável abrir sua janela e deparar-se com essa poluição visual causada pela fiação aérea ?

Mesmo vazio, o imóvel é belo. Não é difícil recuperar e dar uma nova destinação ao sobrado. Esta sólida construção de tijolos pode resistir muitos e muitos anos sem qualquer manutenção, bem diferente de algumas frágeis construções de blocos da atualidade.

Veja mais fotos deste sobrado (clique na miniatura para ampliar):

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

12 respostas

  1. Ah! Se estas paredes falassem,
    O que aqui já se passou.
    Amor, dor, alegria, sofrer,
    Nunca saberíamos dizer,
    porque foi alguém que já descansou.

    Lindo trabalho fotográfico. Parabéns!

    1. Moro perto desse casarão tenho fotos de dentro dele no estado atual caso tenha interesse!

      1. Seria muito interessante conhecer esses casarão por dentro.Disponibilize as fotos para nós amantes da historia e arte.

  2. Gosto muito desse bairro. Certa vez fiz uma pesquisa sobre os casarios nesse bairro e encontrei uma, até que com boa conservação(pessoas morando)na Rua São Domingos datada de 1889.

  3. Douglas, parabéns pelo trabalho, hoje aproveitei para ver diversas casas e não sei se reparou mas, esta casa aparece no documentário sobre o Bexiga que foi postado em agosto. Na parte em que fala sobre as construções, ela ainda tem as janelas do porão, dê uma olhada.

  4. O Bairro do Carrão tem Tradição,é antigo.Adoraria morar nesse Bairro.Tem várias casas antigas e abandonadas,se pudesse compraria e reformaria.

  5. Na terceira foto há um desenho na parede que merece ser analisado. Talvez possa fornecer alguma informação útil.

  6. Na última semana estive nessa rua e, ao ver este sobrado, logo lembrei-me deste site. Saibam pois caros admiradores do patrimônio cultural-histórico-arquitetônico que em 2019 esta casa está infelizmente mais degradada:sem telhado, mais tijolos aparentes, parece que com mais fios no poste e com a raquítica árvore maior e mais copada. O portão não está coberto com tábuas, mas com um cadeado novo e pude ver um pote para cachorro com água e um com ração, parecendo recém colocado, donde infiro que o belo imóvel está guardado por cães.
    De resto, realmente, há vários imóveis nesta rua que me deliciaram visualmente e fizeram-me viajar no tempo e em curiosidades…
    Parabéns pelo trabalho, Douglas!

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: