Sobrado Demolido – Rua Doutor Ornelas 83

Os bairros do Pari e Brás estão constantemente sofrendo com a venda de construções antigas para dar espaço a pequenos edifícios de cunho comercial, muitos deles de mau gosto arquitetônico (duvida ? dê uma volta pelas ruas do bairro que você vai chorar).

Desde o começo de nosso trabalho aqui no São Paulo Antiga, já no distante ano de 2009, acompanhamos muitas construções de ambos os bairros que desapareceram como o sobrado de 1929 da Rua Coronel Morais, no Pari, ou mesmo um salão de 1898 no Brás.

Desta vez fui surpreendido com a demolição de um lindo sobrado antigo demolido nas proximidades da Praça Padre Bento, que é o coração do bairro paulistano do Pari.

clique na foto para ampliar

Localizado no número 83 da Rua Doutor Ornelas esquina com a Rua Coronel Morais, este sobrado da primeira metade do Século XX sempre me chamou muito a atenção pela sua bonita arquitetura e pela ótima construção, pensada para ocupar adequadamente o lote, deixando espaços para jardins e quintais em frente de toda a área construída.

Detalhe da fachada sem as inscrições da escola (clique para ampliar)

Ao menos por duas décadas o imóvel vinha funcionando comercialmente, como a Escola de Educação e Recreação Infantil Santa Mariana. Durante o período em que a instituição de ensino funcionou no sobrado não se viu nenhuma alteração drástica no exterior do imóvel, que seguia em ótimo estado de conservação e preservado.

Entretanto durante a pandemia percebemos que a escola já não estava mais funcionando por lá o que me deixou apreensivo quanto um novo inquilino ocupar o imóvel e fazer alguma descaracterização na fachada. Porém o que aconteceu em 2022 foi muito, muito pior.

O simpático sobrado infelizmente não existe mais. Foi demolido para dar lugar a um novo empreendimento, muito provavelmente de uso comercial. Com isso desapareceu mais uma residência do Pari.

Só espero que o que vier no seu lugar tenha, ao menos, bom gosto. Pois os predinhos que vem sendo construídos na região são de uma pobreza arquitetônica terrível.

Veja mais fotos do sobrado antes de ser destruído (clique para ampliar):

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Facebook
Twitter
WhatsApp
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
Cadastre-se para receber nossa newsletter semanal e fique sabendo de nossas publicações, passeios, eventos etc:
ouça a nossa playlist:

14 respostas

  1. Com minha mãe aprendi a apreciar as coisas de antigamente, tudo que envolva o passado, sua história realmente me fascinam! Imóveis, artes, filmes, músicas… E ver uma notícia como está é de cortar o coração, ver tantas construções históricas sendo demolidas sem o menor respeito, apego, eu realmente não entendo… Algumas de tão lindas, com tantas memórias para a cidade e para o povo de São Paulo que penso que deveriam ser tombadas como patrimônio histórico. Eu uma pena…
    Parabéns, Douglas por seu trabalho. Um abraço!

  2. se eu não estiver enganada, esse motivo torpe de demolição, deve ser por causa dos altos impostos acumulados de IPTU e a Prefeitura só pensa nos cifrões, então para esses dememorizados, se torna mais interessante vender para incorporadora comercial e fica garantido anualmente os valores arrecadados!? (Gostaria de ler seu parecer….)

    1. Realmente o sobrado era lindo! Uma pena que não tenha sido tombado para preservar arquitetura tão rica em detalhes!

  3. Brás e Pari, tirando um ou outro sítio tombado (região do Gasômetro, o prédio da Orion, e o Vila Maria Zélia lá no Catumbi ) e caso perdido. Não há conformidade arquitetural, o Conpresp não vai se mexer….

    Se for Galpao Industrial toca incorporador botar abaixo e Construir Khrushchyovkas, leia-se Pombal glorificado com lazer comum ( para os curiosos, https://pt.wikipedia.org/wiki/Khrushchyovka ) pros “manos ” pagarem o resto da vida em suaves prestacoes pela Caixa.

    Se for casa, vira loja para alugar

    Sendo o Brás parte da Zona Leste ( subprefeitura Mooca ), creio que não haja taxa de altura ( CEPAC ), portanto, toca derrubar e erguer,

    E o salvo de misericórdia

  4. É lamentável o desaparecimento desse belo imóvel, é mais uma perda para essa grande cidade, e para nossos olhos.

  5. Ando impressionada com a falta de cuidado com a arquitetura das construções atuais. Tudo projetado para ser o mais barato possível, e rendendo o máximo possivel derados para vender.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.