Armazém – Rua Barra Funda, 249/255

Clique na imagem para ampliar

Este antigo imóvel comercial, originalmente um sobrado do início do século XX, já não existe mais. Foi demolido para dar lugar a uma nova construção.

A rua Barra Funda está sofrendo uma série de intervenções imobiliárias e vários imóves ocupados estão sendo demolidos. A fachada deste imóvel foi o que restou para nós documentarmos.

Confira o mapa do local:

Visualizar São Paulo Abandonada em um mapa maior

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

0 resposta

  1. Prezados Senhores, gostaria de registrar que achei muito interessante este site, e os parabenizo pela iniciativa. Minha família reside na Barra Funda há aproximadamente 80 anos, e pude presenciar a demolição de muitos imóveis de real valor arquitetônico. Data Vênia, me perdoem, este imóvel da rua Barra Funda, nº 249/255, foi muito mal escolhido, uma vez que semelhante a este, existem mais de uma dúzia, só na Barra Funda sem contar em outros bairros adjacentes. Poderia até fornecer imagens de imóveis irmãos deste, mais preservados. O estilo do imóvel em questão pertence a arquitetura rentista, ou seja foram imóveis construídos para serem sobradinhos de aluguel, duas moradias em um mesmo imóvel, uma térrea e outra assobradada. Os proprietários, na maioria portugueses, alugavam os sobradinhos para famílias operárias. Aliás, a Barra Funda nasceu como um bairro operário, de terras desmembradas da Chácara do Carvalho, pertencente a família Silva Prado, do Conselheiro Antonio Prado, cuja a residência está sendo degradada por uma ordem religiosa, no mesmo bairro, no tocante a sua arquitetura original. Bom, Concluindo, eu acho que alguns dos sobradinhos devam ser preservados como registro arquitetônico da história operária da cidade, entretanto outros já destruídos e irrecuperáveis devem dar lugar ao progresso da cidade e do bairro, sendo substituídos por outros imóveis.

  2. Olá Sr Francisco, muito obrigado pela visita.

    A intenção do site é registrar todos os imóveis, por isso este foi escolhido também. Em breve outros imóveis da região serão adicionados ao site.

    Concordamos que os irrecuperáveis e destruídos devem dar lugar ao progresso, por isso os fotografamos. Assim, quando outra edificação surgir no local teremos uma imagem de como era antes para registro.

    Volte sempre!!

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: