Sobrado – Rua Alfredo Pujol, 355

Quem transita pela movimentada Rua Alfredo Pujol logo percebe a beleza deste sobrado localizado no número 355. O antigo imóvel que está atualmente fechado surpreende pelo seu estilo arquitetônico destoante das demais construções do seu entorno.

Crédito: Douglas Nascimento / São Paulo Antiga

Apesar de ser uma casa estreita, a construção compensa o fato sendo bastante comprida alongando-se quase até a rua oposta. O imóvel infelizmente foi atacado por pichadores e encontra-se em um estado apenas razoável de conservação, mas mesmo assim chama bastante a atenção.

O portão e muro baixos nos remetem a um tempo em que o muro servia apenas para delimitar os limites entre a residência e a calçada e não como hoje, onde os muros altos nos dão a sensação de que vivemos sempre aprisionados. Outro destaque, também no muro, é a sua decoração feita por caquinhos que é bastante comum nas residências paulistanas e uma forma sustentável de aproveitar sobras de pisos de outros imóveis ou mesmo de sobras de reformas.

Confira mais fotos deste imóvel (clique para ampliar):

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

7 respostas

  1. posso tomar conta deste imovel,basta os proprietarios entrarem em contato comigo,terei o prazerem ajudar para que vagabundos ñão invadem ou poderei entrar em acordo para comprar ja que não tenho uma moradia fixa,me contate (11)22366940 ou 95437427 estou aqui proximo deste local,conto com a força dos proprietarios

  2. Tambem tenho interesse em comprar, já passei por lá diversas vezes, sempre me interessei, mas não há placas de identificação de aluguel ou venda.
    entrar em contato por e-mail: julianaforner@hotmail.com
    Obrigada!

    1. Olá, é interessante fazer um levantamente nos cartórios de registro de imóvel de são paulo. Pelo telefone é possível saber se está registrado ou não. Se tiver, se gasta R$ 30,00 mais ou menos para pegar uma cópia da documentação que existe lá. E você poderá descobrir o dono do imóvel levantando o nome pela lista telefônica.
      Seria uma possibilidade. Mas isso ai está com cara de especulação imobiliária. Ainda mais agora com a construção do trem bala na bráz leme…..
      E militares, serão despejados….

  3. Na foto do Google de dez/2014, nota-se que ha placas de vende-se e na meema fotos consta uma senhora e um rapaz, provavelmente os proprietarios ou funcionariso de uma das imobiliarias….
    Quanto a conservação (ou falta dela), permanece da mesma forma.

  4. Pode ser loucura de minha parte, mas ja vi uma velhinha sentada naquela cadeirinha da foto e nao faz tempo isso…era uma idosa que sempre pensava que era a dona da casa, quando passava de onibus e até hoje toda vez que passo tenho que olhar pra aquela casa. Alias todas casas e casarões antigos me fascinam, parece que vivi aquela época, adoro de paixao coisas desse tipo.
    Será que estava vendo coisas quando vi uma velhinha ainda naquela casa? O.o

    1. Uma observação, nao era a mulher que aparece no google maps. Era uma velhina mesmo sentada na cadeira do lado de dentro, cabelos branquinhos e tudo. sozinha.

      1. Lidiane se você for no google maps e mudar a data da imagem para 2011,aparece uma mulher com a mão encostada no vidro!!

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: