Prefeitura de Santos – 1950 e 2009

Depois de um bom tempo sem novidades aqui na sessão Antes & Depois, estamos de volta com novidades e com uma regularidade maior. Os artigos aqui serão publicados todas as semanas.

A cidade de Santos, no litoral paulista, é uma das cidades onde mais encontramos construções antigas e históricas. Muitas destas construções não estão preservadas, especialmente as que encontramos nas regiões próximas da famosa Bolsa do Café.

Observando alguns cartões postais antigos da cidade litorânea, encontramos esta imagem da antiga sede da Prefeitura de Santos, imagem da década de 1950:

Praça Visconde de Mauá na década de 1950 – Clique para ampliar

Atualmente a Praça Visconde de Mauá não sofreu mutias alterações, permanece muito parecida como estava cerca de 60 anos atrás. Foi possível notar que as árvores daquela época cresceram muito, duas foram removidas mas tudo muito bem conservado, tal qual no passado.

Confira a imagem atual e faça um comparativo entre as duas épocas:

Praça Visconde de Mauá em 2010 – Clique para ampliar
Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

6 respostas

  1. A prefeitura realmente está muito bem conservada, porém o Centro de Santos precisa de muitos mais cuidados. A melhor parte dele é a Rua XV, onde fica a Bolsa do Café. De resto, existem vários imóveis que precisam de reparos, não somente no Centro como nos bairros em geral.

  2. Agosto de 2011: Santos precisa urgente de uma lei “Cidade Limpa”, sobretudo no centro.

  3. Parabens a cidade de Santos que ainda mantem muito de seus edificios ainda conservam a memória de sua cidade, é uma pena que a maioria desse acervo arquitetonico que conta a historia de cada local, acaba sendo destruido em prol de obras insignificantes que não tem nenhuma historia a ser contada…

  4. A praça realmente mudou pouco, mas infelizmente, as árvores estão cada vez mais raras na cidade de Santos. De uns tempos pra cá, são arrancadas aos montes pela prefeitura (coisa a qual, além de enfeiar a cidade, também aumenta o calor nas vias urbanas). – A pouco tempo por sinal, arrancaram uma árvore que tinha pra mais de 500 anos (praticamente da época do descobrimento do Brasil). – A mesma se situava em frente a antiga estação de trem da Avenida Ana Costa (onde hoje, fica o hipermercado Extra).

    Esse fato chocou boa parte dos santistas. Mas de lá pra cá, tantas outras árvores seculares também foram arrancadas. – E infelizmente com elas, boa parte das memórias da cidade também se vão.(E acredite, não eram árvores mortas, muito menos infectadas com pragas ou cupins). – Arrancaram a árvore da antiga estação de trem, meramente por interesses de certos empresários (que serão favorecidos com a construção do VLT, ou melhor, do veículo leve sobre trilhos).

    PS: O detalhe é que a árvore ficava em uma via pública, patrimônio da cidade. Mas fazer o que, não é mesmo? Um país que não respeita sua memória, tende a ser um país sem futuro. Mas este é o Brasil.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: