Parque Shangai

Parque de diversões é sempre sinônimo de folia e lazer. Quem nunca ficou encantado com os diversos brinquedos que proporcionam alegria e divertimento para toda a família ?

Anúncio do Parque Shangai extraído do Correio Paulistano em 1941 (clique para ampliar).

Porém, nem só de alegrias se vive um parque. Em julho, um tradicional parque de diversões fechou as portas. Depois de quase 40 anos de funcionamento, o Playcenter que marcou diversas gerações desde 1973 e  que foi parada obrigatória para milhares de crianças e adolescentes, seja nas férias escolares ou nos finais de semanas, despediu-se da população. Mas será que o Playcenter foi o único grande parque de diversões a ficar marcado na memória das pessoas?

Em meados da década de 40, nascia nas imediações do Parque D. Pedro um parque de diversões que foi um dos maiores do Brasil e que continua até hoje na memória de muitas pessoas: O Parque Shangai.

Encantando gerações, o Parque Shangai esteve em pleno funcionamento durante cerca de 30 anos. Neste tempo todo, foi um espaço de grande entretenimento marcado pela clássica montanha russa feita em madeira, além dos tradicionais autopista, carrossel e das tartarugas que saiam em alta velocidade sobre trilhos.

Na foto, Samuel e sua prima em carrinho do carrossel do Parque Shangai.

O Shangai não foi simplesmente um parque de diversão. Foi marcado também pelo segmento cultural tendo apresentações de músicos como Mário Zan, e Luiz Gonzaga. Além disso, haviam bailarinos, mágicos e teatro de marionetes, e também as animadas festas juninas e os concorridos bailes de carnaval que alegravam as noites e madrugadas paulistanas.

O Parque Shangai em 1958 (Clique para ampliar / Foto: Divulgação)
O Parque Shangai em 1958 (Clique para ampliar / Foto: Divulgação)

Em 1958 foram rodadas no parque algumas cenas do filme “O Grande Momento” dirigido por Roberto Santos e estrelado por Gianfrancesco Guarnieri. Rodado no bairro do Brás, este filme foi precursor do Cinema Novo e infelizmente até o momento não existe versão em DVD.

A grandiosidade do Parque Shangai era sempre destacada (clique para ampliar).
Na foto, família visita o parque em janeiro de 1965

DECADÊNCIA:

Na segunda metade da década de 60, o Parque Shangai já não era mais o mesmo. Brinquedos sem manutenção ocasionavam perigo aos frequentadores que começaram a não mais frequentar o local. No seu entorno, surgiu um comércio nada satisfatório de jogatinas, bebidas e arruaças. O que foi um espaço um democrático da alegria virou um problema social.

Em novembro de 1968, Parque Shangai foi superado diante da transformação urbana ocorrida no local. A área em que um dia reinara alegria e a diversão, começou a dar lugar a um conjunto de diversas pontes e viadutos.

Enquanto caminhões chegavam com diversos materiais para a construção dos viadutos, as pessoas que passavam em frente ao velho Parque Shangai deparavam-se com a seguinte frase: “Cedendo ao progresso, o Parque Shangai encerrou suas funções”.

Crédito: Jornal “O Estado de S.Paulo” (clique para ampliar).

Passados quase 44 anos de seu fechamento, o Parque Shangai adormece aos poucos na memória das pessoas.

Por ironia do destino, um novo plano urbanístico está sendo discutidor tendo como justificativa promover mudanças na infraestrutura da região do antigo parque, irradiando qualidade de vida no seu entorno. Bem, em seus tempos áureos o Parque Shangai já sabia fazer muito bem.

A área do antigo parque é hoje é uma das mais degradadas da Cidade de São Paulo.

A seta amarela mostra o Parque Shangai em 1958 (clique para ampliar).

VEJA COMO ESTÁ HOJE A REGIÃO DO ANTIGO PARQUE SHANGAI (clique na foto para ampliar):

Agradecimentos: Samuel Mandelbaum (Saloma do Blog) que cedeu a fotografia dele com sua prima no carrossel.

Bibliografia consultada:
O Estado de S.Paulo – 12/11/1968 – pp 18
Correio Paulistano – 08/07/1940 – pp 06
Correio Paulistano – 14/02/1941 – pp 11

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

82 respostas

  1. LEMBRO BEM DESSE PARQUE POIS MORAVA NO CAMBUCI E ELE SITUÁVA-SE NA BAIXADA DO GLICÉRIO.HAVIA MUITA VIDA NELE,
    NAO FREQUENTEI MAS DE PASSAGEM VISLUMBRAVA-SE A MULTIDAO QUE PARA LÁ SE DIRIGIA.PEMA PARTE EXTERNA, VIAM-SE OS BRINQUEDOS.

    1. Quem de vcs ,lembra daquela boneca vestida de azul,com uma bolsinha que ficava em uma vitrine? Essa é uma das mais antigas memórias que tenho do Parque Shangai,ia sempre com meus pais! Uma delícia! Morávamos ali na Luz.

  2. Incrível ter existido um parque num lugar que hoje em dia é tão árido e degradado na cidade. O parque Shangai que existiu em São Paulo é relacionado ao que existe no Rio de Janeiro ? Depois de ler a matéria vi algumas fotos do parque carioca e no trem fantasma deles há um painel com caveiras num fundo preto iguais aos que aparecem aqui na foto da demolição do parque.

  3. Tem uma foto maravilhosa desse parque no livro “Paranóia” do Roberto Piva, ilustrado pelo fotógrafo Wesley Duke Lee.

  4. Quando menino fui várias vezes ao Parque Shanghai. Passei muito medo na roda gigante …. É o “progresso” demolindo tudo. Abços a todos e especialmente para o pessoal do SãoPauloAntiga que continua fazendo um excelente trabalho !!!

    1. Lembra da tartaruga e da Monga a mulher gorila…. Muito bom foi este parque.

    2. Estou com 54 anos. Tambem estive lá e na famosa roda gigante, junto com o meu INESQUECÍVEL PAI. Não consigo lembrar o ano, mas Parece que foi ontem!!!! Só não esqueço que, no dia em que eu e o meu pai estavamos na roda gigante, ficamos parados, por meia hora, lá bem no alto, em razão de faiscas nos fios.

      1. Faíscas nos fios? Nossa, que perigo, mas conseguiram tirar todos, não atingiu ninguém?

  5. Lembro de meus tios, aliás a família toda ia a Pq Shangai, muitos casais , hoje idosos,ou até falecidos , se conheceram no parque.Eu mesma não lembro de ter ido, mas lembro de todos comentarem que era um programão visitar o parque.

  6. Nossa, como eu me lembro do Parque Shangai! Só que, acho que porque euera mto. pequena ( e medrosa ), tinha medo de quase tudo! Daquela boneca grandona, de chapéu e uma bolsa na mão,que ria alto e se sacudia toda, ai que medo!
    Aquela boneca não me deixava dormir à noite!E do trem- fantasma!!! Que paura! Uma vez fui com uma amiga e o pai dela, mas fechei os olhos e s’abri quando acabou. Não vi nada. Tinha medo das marionetes também. Ah, tinha medo de tudo. Só de andar de carrinho que não. Mas que saudade! Que tempo bom! Mara.

    1. Acho que não existe criança (hoje com mais de 60) que tenha ido ao Parque Shangai que não tenha tido medo daquela Boneca. E
      ngraçado, como lembramos sempre da bolsinha que ela carregava e como quando ria, se sacudia meio prá frente. Lembro dela direitinho!!!!

    2. A boneca enorme se chamava Chica Pelanca!!! Ela ria muito e se balançava toda. Também fui varias vezes ao Parque Shangai, pois morávamos no Brás, na Rua Dr. Almeida Lima. Estou amando SÃO PAULO ANTIGA!!! Parabéns à todos que participam.
      Elza Guerra Aleman

    3. Gente, eu e meus irmãos frequentamos muito este Parque, mas a única coisa que eu lembro é desta boneca gigantesca que eu tinha muuuuuito mêdo….Só lembro disto…..

    4. Oi Mara, eu também ria muito da gorda balançando a bolsa.Tinha cara de alemã. Lá tembém teve apresentação de patinadores alemães. Eu me lembro até hoje de uma música que tocavam na apresentação. O pouco de bom que existia em São Paulo foi pro lixo. E no local onde ele estava agora existe lixo por todo lado.

  7. eu quero o playcenter de volta pra mim
    as crianças ja tem muitos parques de diverssao para elas o da xuxa o da monica etc……
    o playcenter marco minha infancia e eu tenho 12 anos mas nmarco 1vez playcenter csenpre playcenter …..
    to triste que vai fecha eu nao queria nim guen quer que o playcenter fecha marco a vida de todo mundo as noites do terror sen noites do terror playcenter reabri o povo de sao pau pede nao e so eu reiinisia so mais playcenter do que o hopi hari

  8. Nossa! O Parque Shangai……
    Frequentei o Shangai nos meus tempos de criança e adolescente……. era muito gostoso. Realmente a região esta meio “detonada” atualmente. Não é pra menos… O tal de David de Miranda fez daquilo ali um Mercado Persa… Enquanto ele toma o dinheiro dos fieis dentro do seu Templo (na antiga Tecelagem Penteado) em frente ao Parque, dezenas de vendedores ambulantes vendem suas porcarias aos incautos fieis…. É uma pena. Mesmo assim, fica um grande saudade do nosso Shangai…

  9. Senhores,,,,,,,,,,,,,Parabéns em resgatar um pouco da memória de São Paulo. O parque Shangai sem dúvida foi um marco em nossa infância e adolescência. Lá vivi momentos mágicos, que além dos brinquedos tinha a famosa paquera na pista de danças.Seria de bom senso que a prefeitura proporciona-se a possibilidade de reabrir este parque em sistemas modernos para que o nome Shangai voltasse a fazer parte de nossa história.

  10. Visito com frequencia o Parque Shangai, na Penha, Rio de Janeiro. Fiquei muito feliz em assistir um filme de 1959, em que aparece, na Quinta da Boa Vista, algumas cenas deste Parque que alí tinha a sua sede.Voces podem assistir o filme no youtube: _M A R I A 38.__________

  11. Não dá para esquecer nada, roda gigante,trem fantasma (que dava medo), carrinhos, A Boneca gigante citada. lembro da gargalhada até hoje (dava medo),o espelho que mostrava a pessoa grande,pequena,distorcida0 era muito engraçado.Há nunca mais esqueci do churrasco maravilhosamente temperado, e da máquina que passava filme após colocar uma moeda e girar a manivela.e namoro no parque, Obrigado gente. esses esqueletos que eram do trem fantasmas mata o véio de saudades.

  12. Meus irmãos dois já falecidos Dorival e Deusdete, falavam muito do parque changai para mim, recordação de suas mentes, pois quando nasci o parque não existia mais, existia sim, só na mente deles. Falavam com muita saudade. Que legal alguém resgatar esta memoria.Parabéns .

  13. Sempre frequentei o Parque.Palácio do Riso, trem fantasma, jogar argolas, carrinhos , pipoca, algodão doce, e todos se divertiam mesmo. Que saudades.

  14. Incrivel esse resgate. Li sobre o Parque Shangai no livro do Herodoto Barbeiro que era morador da região do Glicerio qdo menino. Parabens pela bela pesquisa do blog

  15. Havia tambem o Cine Itapura em frente ao parque shangai, eu morava na rua sinimbu nos anos 60 e fui ao parque era uma beleza, muito acessivel inesquecivel, estas coisas tinham de voltar. No lugar de baianos nordestinos e forrós..

    1. Passei grande parte de minha infância neste parque, aos domingos a tarde lá estava eu com minha mãe, ela tinha medo de andar nos equipamentos então pedia a um casal que me levasse com eles, eu vibrava com a montanha russa, o trem, fantasma então nem se diga, era só gritos lá dentro, tinha uma atração chama tartaruga, ficava girando tipo sobe e desce em grande velocidade, carrinhos de dar trombada, na sala do riso na entrada tinha uma boneca imitando uma mulher dando risada, ela tinha uma bolsa na mão, foi minha mãe que deu, muito legal frequentei este parque de 1957 á 1961 eu era morador do bairro da Mooca, boas lembranças de minha infância

    2. Minha mãe tinha 18 anos e morava na Vila Prudente, frequentava muito esse parque, lembra com muita saudades e conta episódios engraçados. Tempos de outrora com divertimentos saudáveis e sem se preocuparem com assaltos.

  16. Noooossaaaa a mulher da bolsinha que ria e sacudia sem parar, fazendo todo mundo rir saudades!!!

  17. Gente, fiquei muito emocionada em ler estes comentarios. Tenho 47 anos e nao tive a oportunidade em conhecer o shangai,alias nunca ouvi falar. O playcenter marcou minha vida,pois meu colegio realizava excursao anual e eu nao perdia nunca. Hoje resido prox ao parque dom pedro e fico tentando imaginar como devia ter vida e beleza durante a estada do shangai no local. Li os comentarios e estou tentando montar em minha mente, o cenario maravilhoso que devia ser para os olhos de voces, que eram crianças na epoca, e fico triste em nao ter vivido para conhece.lo. parabens aos comentarios lindos que li aqui. Parabens a todos.

  18. Sempre frequentei o Parque.Palácio do Riso, trem fantasma, jogar argolas, carrinhos , pipoca, algodão doce, e todos se divertiam mesmo. Que saudades.
    Sempre com a minha primeira namorada Teté.
    Espero que ela lembra, caso venha abrir o meu comentário.

    1. Olá Vilma, tudo bem? Qual o seu contato? Gostaria de saber mais sobre a história de o seu avô ter sido um dos administradores do parque Xangai. Se por ventura for ler este comentário, por favor entre em contato via bbsoraggi@gmail.com

  19. minha mãe me levava no parque, aliás, minha irmã e eu sempre no dia da folga dela, pois trabalhava na fiação de uma fábrica, uma semana a noite outra de dia. mas era maravilhoso ela nos levar para nos divertir no Parque Shangai. ìamos de ônibus. que bom era essa época.

  20. Assistindo aos jogos de Inverno na Russia e, vendo aqueles carrinhos com quatro atletas descerem naquela pista gelada,lembrei-me do Paque Shangai.Quando garoto, estive uma vez no Parque.Lembro me muito bem da Montanha Russa existente lá e que eu desci.Acho que era um carrinho com tres eixos e descia todo solto( igual a pista de gelo em Socci), em uma estrutura de madeira, que era mais larga em alguns pontos conforme a curva.Hoje eu não desceria. Acho que é por causa da corrida no gelo que vem o nome de Montanha Russa. Saudades daquele Parque.

  21. que bom que o meu bairro fez algumas pessoas felizes, moro aqui na regiao do glicerio a 15 anos tenho 23, nunca imaginei que ali fosse um parque antigamente,hoje jogo bola ali quase todos os dia, tem 2 quadras de futebol ali, mais o problema e a multidao de moradores de rua.. atrapalha ate o futebol

  22. parabéns pela máteria gostei continua assim tenque fazer do playcenter um máteria muito legal

  23. o parque shangai no rio foi fundado na década de 20 perto de onde hoje é o monumento dos pracinhas, cuja inauguração levou-o para a quinta da boa vista e que depois foi para a penha. gostei de saber que na nossa cidade irmã havia também um parque com o mesmo nome. será que era um protótipo de franquia?

  24. Vilma
    você informações sobre o Parque Shangai de São Paulo. Me interessei pelo assunto e penso em fazer uma pesquisa. Por acaso sabe o endereço exato e quem era o fundador/proprietário?

    Abs,

    Hennan

  25. Bons tempos, lembro-me bem do Bicho da Seda edos Barquinhos, meu pai foi um dos funcionarios do parque, iamos á pé do Tatuapé até lá em meados anos 60. Maravilhaaaaaaaaa!!

  26. O Parque Shangai foi um marco na vida de muitas crianças, e tb de adutos.
    A mulher grandona que ria é uma lembrança inesquecível.
    Tinha tb a Monga, a mulher que se transformava num gorila- era de arrepiar. A criançada morria de medo.
    Eu e meu irmão Ivo fomos ao parque com a tia Terezinha, que gostava muito de nós.
    Bons tempos!!!!

  27. Quando criança morei na Rua Sinimbu que é bem pertinho do local que ficava o Pq. Shangai e como na época éramos muito pobres, eu ia vender fio de ferro na feira para poder ir ao parque de vez em quando.
    Tempos difíceis financeiramente, mas, muito bom pelos momentos alegres que passei naquela região.

  28. FINAL DE 1968 ,ACABAVA DE CONHECER O CENTRO DA CIDADE , MULEQUE SOZINHO DESBRAVANDO O DESCONHECIDO ,O BAICHO GLICÉRIO ÉRA ROTA PERIGOSA , MAS QUANDO ENCONTREI O PARK SHANGAI ACHEI A DYSNEILANDIA PAULISTA , ESTAVA TODO DETONADO MAS ÉRA LINDO SÓ FALTAVA O DINHEIRO PARA IR NOS BRINQUEDOS E UM MALDITO ADULTO PARA ACOMPANHAR, TINHA UNS AVIÕES QUE TINHA O MANCHE ONDE VOCÊ MUDAVA ADIREÇÃO DO (VOO) ATÉ HOJE PROCURO O ADULTO POIS TENHO O DINHEIRO DA ENTRADA, QUEM SABE NA PROXIMA VIDA .

  29. Brinquei muito neste parque. Como foi bom. Aos sabados papai e Carvalho levavam-me para minha diversao predileta. Depois, pegavamos um taxi daqueles antigos (carros eram importados ainda), iamos ate a Mooca ou Braz para uma pizza. Ohhhhh tempo bom siooooo.

  30. Ótimo texto histórico de um marco da S. Paulo antiga. Quem ia ao Ipiranga passava em frente ao Park Shangai. Alguns pontos da cidade eram obrigatórios para se conhecer, este era um deles.
    Uma das razões do seu fechamento teve relação com a transferência de parte da Estação Rodoviária por conta da saturação do entorno da Praça Júlio Prestes e das obras do Metrô na região da Praça da Sé, as linhas que atendiam o litoral passaram a sair dessa região.

    Um fato que chamou a m/ atenção e creio que mereça uma correção é o seguinte:
    “O Shangai não foi simplesmente um parque de diversão. Foi marcado também pelo segmento cultural tendo apresentações de cantores como o Mário Zan, Vicente Leporace e Luiz Gonzaga. Além disso, haviam bailarinos, mágicos e teatro de marionetes, e também as animadas festas juninas e os concorridos bailes de carnaval que alegravam as noites e madrugadas paulistanas”.

    Creio que a repórter quis se referir ao cantor Vicente CELESTINO, pois o Sr. Vicente Leporace era radialista; até onde tenho eu conheço, não sei se o referido também era cantor, mas sim um ferrenho e cáustico crítico da politicagem da época.

    Grato e ao dispor para eventuais comentários adicionais.

  31. É com muita alegria q venho através desta pagina recordar os meus bons tempos no Pq Shangai.Lembro-me do Tira prosa q deixava as pessoas de cabeça para baixo.Do meu padrinho e madrinha q me levaram ao Pq,ele era da Guarda Civil. Q saudades de tudo,espero q um dia ele volte,a cidade é carente deste tipo de diversão!!!

  32. gostei da s fotos do parque de diverssões changai pena que o playcenter está fechado São Paulo nao é mesma sem o playcenter só tem parque infantil .

  33. parabéns pela materia sobre o parque changai gostei muinto das fotos desse parque uma pena que acabou esse parque a prefeitura de São Paulo de veria abrir um parque de diverssões igual a esse .mais infelizmente nosso prefeito ele muinto devagar São está presisando muinto de parque de diverssões.pena que o playcenter fechou as portas . poderiam tambem contar a história do playcenter .agradeço pela publicação postada gostei muinto.

  34. Quando éramos crianças, invariavelmente aos domingos de manhã íamos até o museo Paulista (Museo do Ipiranga) voltávamos pela hora do almoço, à tarde frequentei muito o parque shangai; naqueles tempos nós morávamos no Ipiranga, na av D. Pedro I. Então, eu meus irmãos meu pai e primos, pegávamos o “camarão” (bonde) para chegarmos até lá, onde nos divertíamos até quase anoitecer em muitas atrações inesquecíveis, depois, sempre que podíamos (falo de dinheiro), comíamos pizza no “Castelinho” da rua lavapés, então voltávamos pra casa de bonde outra vez (era uma aventura!), meus primos ficavam em casa primeiro, pois residiam na rua Guaxinduva no edifício “Calux”, um quarteirão depois era nossa casa, na av D. Pedro I, 826 – Tel: 63.73.27 – Que saudades do parque shangai…

  35. Alguns pequenos detalhes que todos erram, o nome do parque é Shanghai e ele ainda funciona no Rio de Janeiro. Nunca parou. Está fixado na Penha desde a década de 60.

    1. Everson, o nome do parque era Shangai. Basta ler a matéria e ver todos os anúncios da própria empresa, já que não é crível que a mesma anunciaria seu nome errado. A nomenclatura pode ter sido atualizada.
      Sobre o Rio de Janeiro, discordo seu ponto de vista. A referência de nosso artigo aqui é ao parque de São Paulo.

  36. Nunca ouvi falar nesse de SP, só no do Rio msm, mas o do RJ é ShangaY, né? Outro parque antigo no RJ era o Tivoli, alguém conhece?

  37. Eu me lembro de uma velha muito grande na entrada do parque, lógico que era uma boneca, mas ela emitia um som de risada , nunca me esqueci disso

    1. Gostei da matéria referente a este parque incrível, meus avós e meu pai e meus primos trabalharam nesse parque, lembro como se fosse hoje, me diverti muito.saudades e lembranças. Família leite de barros

  38. Quem foi criança e se divertiu nesta jóia da Paulicéia (com acento) sabe o valor dela. Parabéns!

  39. Alguem sabe de esse parque shangai tem alguma ligação com o parque shangai do rio que foi inaugurado em 1919? Tem uma capa de disco do carequinha que ele esta no parque shangai, só não sei dizer se é rio ou sp.

  40. Minha mãe comentava sobre esse parque, em especial sobre uma certa personagem, não me recordo ao certo, agora, se era Zilda ou Zélia, do Parque Shangai. Eu nasci exatamente na segunda metade da década de 1960, em 1967, e conheci o Play Center, como também ia aos circos, espetáculos de Holiday On Ice, Feira da Bondade e outros eventos de que tenho saudade, em especial na década de 1970.
    Para variar, desde que me entendo por gente, e sobretudo na década de 1980, quando eu passava muito por essa região, ela já se encontrava decadente, e pelo jeito, só vem piorando. O poder público (os políticos, principalmente) se omite com relação a muita coisa que não lhe interessa. O que lhes dá status, retorno financeiro e vantagens, em termos de poder, eles correm atrás feito loucos, chegam a gastar fortunas, sobretudo em publicidade na TV aberta, enquanto que, sobretudo a revitalização de áreas centrais e o bem estar de pessoas mais carentes, não lhes diz respeito algum.

  41. Parque Shangai,sempre em minhas memórias!Assim como a Sampa antiga,na qual nasci e cresci,bem no centro antigo.Gratas recordações!! Gratidão a esse site,que e um resgate das lembranças,que acredito façam parte de todos os que vivenciamos, essa época (para mim) dourada!

  42. Meus pais me levaram algumas vezes ao Shangai. As crianças se divertiam muito lá, pena que durou pouco tempo…boas lembranças!

  43. Eu nem sabia que existia esse parque, pelo que eu sei há um parque no Rio de Janeiro que também se chama Shangai, que e o mais antigo do Brasil fundado em 1919.Parabens pelo trabalho de preservar a memoria da nossa cidade.

  44. Nem sabia que existiu esse parque aqui em São Paulo, sei que tem um no Rio de Janeiro que também se chama Shangai fundado em 1919 .Saudades dos parques itinerantes, circos que vinham aqui na região de São José Santo Amaro, a prefeitura de marta suplici acabou com tudo. Parabéns pela matéria por preservar a memoria do que foi bom nessa cidade que esta tão degradada, o progresso destrói coisas belas…

  45. Alguém não teria uma foto dessa boneca para mostrar, fiquei curioso pra ver.

  46. tIVE O PRAZER DE IR ALGUMAS VEZES, SÓ NÃO IA MAIS POR QUE O DINHEIRO ERA COISA RARA….RSRSRSR

  47. Roberto Camargo

    Moro em Itepetininga, interior de São Paulo, tenho 74 anos, mas me lembro muito bem que quando ia pra São Paulo,
    visitar meus primos, eles me levavam ao Parque Shangai. Entretanto, minha lembrança é da Montanha Russa, muito barulhenta, inteirinha feita de madeira, onde os carrinhos corriam em uma concha ( não tinha trilhos ) ocorriam livres, em rodas de madeira cobertas com borracha. uma construção muito rudimentar mas espetacularmente divertida e todo mundo que estava no parque, ouvia o barulho dos carrinhos correndo pela montanha. MUITA SAUDADE !!!
    Ainda moro em Itapetininga, e continuo indo muito à São Paulo.
    Foi muito bom relembrar do Parque Shangai

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: