Maioria é favorável a preservação do Seminário da Penha

No mês de abril o site São Paulo Antiga trouxe a público os planos de colocarem abaixo o antigo Seminário da Penha em matéria exclusiva.

Na ocasião alertamos contra o crime ao patrimônio histórico paulistano que está em curso no bairro da Penha, orquestrado principalmente pelo vereador paulistano Toninho Paiva (PR), o principal defensor da demolição do imóvel. As alegações do vereador de que o local não tem valor histórico e que travam o desenvolvimento do bairro foram desmentidas na matéria e também é rebatida por muitos moradores da região, além de arquitetos e urbanistas.

No dia 01 de maio, dezenas de pessoas se reuniram no centro histórico da Penha para protestar contra a absurda ideia de se colocar abaixo o prédio do seminário, e foi aberto um documento público que contou com a assinatura de moradores do bairro, arquitetos, urbanistas, políticos e também de Walter Pires membro do conselho do CONPRESP.

A ocasião foi aproveitada pelo site São Paulo Abandonada & Antiga para lançar a seguinte enquete:  Você é a favor ou contra a preservação do Seminário da Penha ?

O resultado da enquete confirma as expectativas da população:

Num universo de 177 votos, 91% são a favor da preservação do Seminário da Penha, enquanto apenas 9% são contrários. O que reflete o pensamento de muitos dos penhenses e paulistanos que estão horrorizados com esta tentativa vil de derrubar um pedaço da história do bairro, para se colocar mais prédios em um lugar saturado.

A decisão final ainda não foi tomada, e ainda resta uma esperança ao Seminário da Penha.

Estamos com uma nova enquete: Você acredita realmente que a prefeitura irá demolir o Minhocão ? Não deixe de participar e vote.

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

15 respostas

  1. Importante que o nome do “distinto” vereador, e de outros como ele, sejam lembrados nas próximas eleições, para que sejam tratados com a mesma consideração que tem para com a nossa cidade: nenhuma. O troco é nosso, demitindo-os.

  2. Quanto ao minhocão, eu não acredito na demolição. A menos que a alternativa seja alguma outra obra faraônica para nos pesar nos bolsos…

  3. O vereador quer o progresso da Penha?
    Essa não cola, tá muito na cara, é cara de pau demais!!!

  4. São Paulo é o que é pela história construida com muito sacrificio.

    O povo é que não se lembra dos momentos difíceis que passamos com grandes congestionamentos, antes do “minhocão”, tudo bem que era uma época com menos carros nas ruas, mas, era um sufoco.

    As autoridades que administram a nossa cidade, não participam dos sofrimentos dos moradores menos favorecidos. No dia em que todos os vereadores de São Paulo e seus assessores deciderem usar o transporte público (ônibus, trem e metrô) por três meses, haverá uma melhoria na nossa condução diária.

    Fica aqui a nossa sugestão.

  5. Parece que os comentarios deste blog constrangeram o vereador toninho e, agora, talves ate para esconder sua identidade, o mesmo adotou um “bigodão branco”. Aliás o partido desse politico e o mesmo do deputado federal, Waldemar Costa Netto, lembram-se, aquele do escandalo do mensalão. Infelizmente boa parte do eleitorado tem memoria curta.

  6. Com tantos problemas importantíssimos a serem resolvidos por esse vereador, que interesse esse distinto cavalheiro teria em demolir um imóvel antigo no bairro da Penha? É necessário investigar, pois na política sempre tem aquele jogo do toma lá dá cá, onde ninguém faz nada sem que haja um substancial ganho. Outra coisa: Desde que o Sr. Gilberto Kassab passou a governar essa cidade eu só tenho visto desapropriações e abandono e fico me questionando se não seriam de propósito. Vale a pena investigar o que está por trás desses abandonos: Pode ser que eu esteja errado, mas na minha rua devem surgir dois empreendimentos novos em terrenos antes ocupados por casas… Bem no centro… Estranhíssimo, não?

  7. Você acha que a prefeitura vai demolir o Minhocão, claro que eu acho que não, e olha que aquela coisa medonha que devia ir ao chão.

  8. Nesse angu tem caroço! Claro que ele iria ganhar algo por fora pra derrubar o seminario! Concordo plenamente com o PENSADOR. Vamos nos lembrar desse nome na proxima eleição e demitir de vez esse “cavaleiro”!

  9. Só pra constar: pelo que li na Gazeta Penhense, o local será administrado pela Beneficência Portuguesa, que reativará o hospital.

    1. A Beneficência Portuguesa irá reativar o Hospital da Penha, o Seminário é outro imóvel, ao lado da Igreja nova da Penha.
      A grande questão , que vale aliás para todos prédios/casas tombados ou que tenham valor histórico/arquitetônico , é dar uma destinação útil a esses imóveis, apenas decretar que tem valor histórico, que não será derrubado e deixá-lo fechado, às moscas, não resolve a questão. O seminário da Penha é um ímóvel grande em um grande terreno, poderia ser utilizado para sediar uma faculdade, museu, centro cultural etc., mas se nem a reforma da Biblioteca da Penha eles terminam, imagina se vão se preocupar como o seminário.

  10. Já estamos na metade final de 2013, alguma novidade sobre a preservação do Seminário da Penha? Nunca mais li nada a respeito. Se os responsáveis não tomarem uma atitude o tempo se encarregará de por abaixo o Seminário, pois com certeza não devem estar se empenhando muito na conservação.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: