Casa – Largo da Matriz Velha, 15

Em uma cidade de dimensões tão grandes como São Paulo, é comum que alguns bairros sejam tão peculiares e diferentes que parecem até que são outras cidades e não a frenética capital paulista. São bairros que possuem uma outra rotina, um ritmo distinto e até um clima diferente. São assim bairros como a Mooca, Penha e a Freguesia do Ó.

E é no alto da Freguesia do Ó que está o imóvel que citaremos agora, verdadeiro pedaço da história da cidade, localizado no número 15 do Largo da Matriz Velha, no coração do bairro.

clique na foto para ampliar

A casa acima é um dos poucos e belos exemplares do início do século 20 que ainda resistem espalhados pela cidade. Preservada tal qual foi erguida há mais de 100 anos, o imóvel foi construído por Luís Ribeiro e até hoje pertence aos seus familiares.

A residência possui as características típicas dos imóveis erguidos na virada do século 19 para o século 20 e está numa porção alta do terreno. Lembrem-se que antigamente não era fácil e nem barato fazer uma terraplanagem e por isso encontramos diversas casas antigas em terrenos muito altos, como também encontramos muitas casas antigas abaixo do nível da rua, de onde só vemos o telhado.

clique na foto para ampliar

Já o Largo da Matriz Velha, onde fica localizado o imóvel, vem ao longo do século 20 enfrentando altos e baixos, já que perdeu muito de sua importância simbólica no bairro desde 1901, quando foi inaugurada a atual Igreja Matriz.

Nos últimos anos,  graças a ação da Sociedade Amigos da Matriz Velha e da subprefeitura o local voltou a ser um excelente ponto de encontro de famílias e moradores da região. A Igreja Matriz anterior (fotografia abaixo) foi destruída em um incêndio em 1896.

Encontrar casas como esta, na Freguesia do Ó, absolutamente preservadas e bem cuidadas são provas de que é possível modernizar São Paulo sem apagar os rastros de sua história. Quando passar pelo bairro, não esqueça observar esta simpática residência e agradecer aos que mantém intacta um pedaço da memória da cidade.

Veja mais fotos do imóvel (clique na miniatura para ampliar):

Conheça outro imóvel centenário da Freguesia do Ó:

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

7 respostas

  1. Esta casa, pelas suas características, deve ser ainda do século XIX! Qee achado!

  2. eu moro nela é da família de meu namorado, apenas gostaria que citassem que é sim um patrimônio histórico, e concordo plenamente que tem que ser reservado a faixado porém a prefeitura não está nem ai, a parte da frente está quase caindo, e eles não deixam reformar, chegaram até dar multa, e tbm não ajudam a restaurar a faixada original, é linda a casa com uma história maravilhosa em baixo tem um porão onde ainda pode ver as correntes que prendiam os escravos, as matérias sobre essa casa fala que ele é muito importante, mais se é tão importante assim por que ignorar a família que mora lá e não pode fazer mais nada a não ser ver ela ir se desfazendo, já que não podem reformar o que podem fazer ??

  3. Obrigado por me proporcionar uma deliciosa volta no tempo!Seu trabalho é ótimo!!!Tenho fotos antigas e vou ver se algo possa te interessar.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: