Sobrados geminados – Rua Dona Ana Neri

A região do Cambuci, apesar da feroz especulação imobiliária, ainda é uma região bem agradável de morar e com muitas casas antigas. Várias delas estão nos arredores do Largo do Cambuci, uma região que até parece o centro de uma pequena cidade do interior.

As casas abaixo são, ao mesmo tempo, um exemplo positivo e negativo de imóveis amigos da região:

clique na foto para ampliar

Localizados na altura do número 1071 da Rua Dona Ana Neri, estes três sobrados são exemplares sobreviventes de meados dos anos 1950. O que chama muito a atenção neles para mim é o fato que dos três apenas um ainda mantém a arquitetura original 100% preservada.

Não sei se outras pessoas pensam assim, mas acho terrível quando em um conjunto se imóveis geminados construídos no mesmo padrão começam a ser alterados sem qualquer tipo de critério. O resultado são estas aberrações que vemos não só nestas duas casas das extremidades da foto acima, mas em várias outras espalhadas pela cidade.

Observando a construção do meio, a única preservada, é possível entender o quanto é importante não se alterar a arquitetura original. Mesmo ela estando em obras, após algum tempo, em situação de abandono, ainda se destaca das vizinhas e destoa positivamente em relação a outras casas do bairro.

Em bairros da cidade estadunidenses como Nova Iorque, bairros como o Harlem e o Bronx são repletos de construções geminadas e por lá felizmente não vemos essas intervenções tão ruins. Pena que por aqui a legislação nada diz a respeito e a descaracterização corre livre, leve e solta.

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

10 respostas

  1. Acho que é bem mais antigo que 1950, diria 1920–30. A arquitetura dos anos 50 é bem desprovida de ornamentação escultorica, já muito influenciada pelo modernismo.

    1. Parece mais anos 50 mesmo, nessa época as construções eram mais despojadas, influenciadas pelo estilo art noveau que se implantou nos anos 40, mas ainda assim mantinham algum preciosismo nos detalhes, de fato as construções anteriores a este período eram bem mais rebuscadas.

  2. A rua Dona Ana Neri tem trechos no Cambuci e também já indo para a Mooca, que é ao lado, atravessando a avenida do Estado.
    Todos os bairros que cresceram no entorno do Centro(eu os chamo de bairros-satélite), são ricos em construções antigas. O Cambuci é um dos meus favoritos. Tenho amigos lá e não resisto a dar as minhas caminhadas pela Teodureto Souto, Luís Gama, Lins de Vasconcelos, Lacerda Franco, Silveira Campos…
    Nesta última, aliás, eu fotografei um baita casarão antigo, daqueles de dar medo(no bom sentido) e enviei aqui para o São Paulo Antiga.Na Dom Duarte Leopoldo, idem.

  3. Infelizmente a descaracterização é comum. Os donos fazem conforme seu entendimento. Como não há nenhum impedimento é feito dessa maneira.

  4. Acho muito feio e estranho o motivo pelo qual as pessoas colocam cimentos nas janelas dessas casas antigas!!! Gostaria de entender!!!

  5. Morei muitos anos, quando criança, na Av. Lins de Vasconcelos, 162. A casa era do radialista Homero Silva. Gostaria muito de ver fotos da fachada da casa (já foi demolida e hoje é um condomínio).

  6. Morei muitos anos nesse bairro.Nessa rua, às terça feira, havia uma feira livre muito frequentada.Morei na Teodoreto Souto em um conjunto com 4 sobrados, cuja foto vc já publicou.Meus pais foram os primeiros moradores desse conjunto.Ocupávamos a casa de n° 210.

  7. O imóvel do centro preservado originalmente, com uma boa restauração, destacará muito a sua beleza !

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: