Casas de 1905 (demolidas) – Rua Asdrúbal do Nascimento

Estas três casas antigas da rua Asdrúbal do Nascimento no Anhangabaú, centro de São Paulo, estão em estado muito precário de conservação.

Como pode ser visto na fotografia estão consideravelmente inclinadas e com rachaduras que colocam em risco a vida de quem mora no local. Localizam-se há 250 metros da Câmara Municipal de São Paulo.

As construções correm um sério risco de desabamento. Em uma das imagens abaixo é possível notar que ocorreu um incêndio no interior de uma das casas.

Veja outras imagens das casas (clique na miniatura para ampliar):

Atualização 03/06/2011
E as famosas casas tortas da rua Asdrúbal Nascimento finalmente tiveram um destino: o chão. Na última semana de maio conforme alerta da leitora do site, Elis Marchioni, as casas começaram a ser demolidas. A equipe do site esteve no local e pode conferir que das três casas, duas já foram demolidas totalmente e resta apenas a última, mais a direita.

Apesar de estarmos tristes com a demolição destas casas centenárias, sabemos que as casas após um incêndio estava com suas estruturas completamente comprometidas e ofereciam sério risco aos pedestres ou eventuais ocupantes, já que poderiam desabar.

Erguidas em 1905, eram as residências térreas mais antigas que ainda resistiam na região da Sé. Mais um pedaço da memória paulistana se foi.

Confira fotos de após a demolição das casas (clique na miniatura para ampliar):
Crédito das fotografias: Glaucia Garcia de Carvalho

Este conteúdo foi revisado em 20/03/2019

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

16 respostas

  1. Acho muito curiosa a inclinação do edifíco da esquerda…
    Reparem que a base do porão, não esta inclinada, e a casa esta. Tenho a impressão de que foi construido torto.

  2. Nesta rua, existe um prédio que está abandonado. Até 2006, lá funcionava o Sindicato dos Motoboys.

    No domingo, passei em frente a ele, depois de três anos, e vi como ele ficou rapidamente destruído.
    Não sobrou nenhum vidro nas janelas.

    Um ponto positivo é que no outro lado da Av. Vinte e três de Maio com Rua Riachuelo existia um prédio que ficou anos abandonado e agora virou moradia popular e está habitado.

  3. É decepcionte ver os descasos da prefeitura de Sao Paulo com esses imóveis, els devem ser reformados e tombados pelo Patrimônio Historico, pois são nos interiores desses edificos que estao guardadas as mais belas historias de Sao Paulo…

  4. Que lindas, que dó!!! Será que elas foram construídas em 1903 como está na fachada?

    1. Triste mesmo. Por que será que esses imóveis após abandonados não são vendidas para pessoas que desejam reformar preservando o patrimônio histórico do local?

  5. Passo sempre ali e observo essas casas. A região é deteriorada, mas elas muito dificilmente resistirão à especulação. Ou ao tempo…

  6. Demoliram-nas.
    Passo todos os dias em frente a elas e hoje estavam no chão. Ainda restava um tantinho da terceira casa, mas creio que não estará lá amanhã.

  7. Não tenho vergonha de escrever o seguinte:

    Em frente ao meu computador chorei, deu um nó na garganta e um aperto no meu coração ao ver tantas casas, sobrados antigos e etc…indo ao chão.
    É asustador saber que a maldita EXPLORAÇÃO IMOBILIÁRIA está pondo no chão pedaços de nossa história, peças únicas de uma era que não volta mais.
    Deixo aqui o meu desabafo, compartilhando com todos que amam fachadas antigas e que acreditam que poderiam ter um destino diferente, mais digno…
    Estamos ficando sem identidade dentro de nós e fora, nos matando aos poucos.

    Um abraço!

    1. Eu também…fico muuuito triste de ver que antigos imóveis tão belos estão sendo destruídos.

  8. Poxa, que pena a demolição, gostava do contraste dessas ruinas, deslocadas nos prédios do entorno. Douglas, lembro que uma vez você me disse ter uma foto antiga dessa casa “torta”, que você iria scanear e me mandar. Gostaria muito de ver, é possivel?
    abraço

  9. Eu fiquei muito surpreso em não ver mais as casinhas ali, em 30/06/2011. É lamentável que não saibam aproveitar o que já existe, se bem que elas estavam muito mal…

  10. De acordo com a foto do Google de outubro de 2014, o local agora é um estacionamento…

  11. caraca, passei minha infancia morando nessa rua e tinha amigos que moraram nessas casas. putz que saudades,

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: