Casas Geminadas – Rua Genebra

Este antigo conjunto de residências geminadas da rua Genebra, no bairro da Bela Vista na região central da Cidade de São Paulo é resquício de uma época que não volta mais.

De arquitetura simples são exemplares únicos, da primeira década do século 20, e que estão em péssimo estado de conservação da fachada e com diversas intervenções que não conservam suas características originais.

Foto: Douglas Nascimento / Clique para ampliar
Foto: Douglas Nascimento / Clique para ampliar

Nesta rua, são poucas as construções realmente antigas que ainda sobrevivem e não é possível conceber que não se dê atenção a estes raros exemplares. A construção além de antiga, está em um nível bem mais elevado do que o da rua, como é possível conferir em algumas imagens que seguem.

As fotografias abaixo e a sugestão de pauta foram enviadas pelo arquiteto paulistano Fernando Luis de Oliveira Costa, leitor do blog São Paulo Antiga. Se você tem fotos de algum imóvel antigo, faça como ele e envie sua colaboração!

Confira as imagens (clique na miniatura para ampliar):
Crédito – Fernando Luis de Oliveira Costa

ATUALIZAÇÃO: 19/02/2018

Fomos informados por leitores e pelo subprefeito da Sé que um dos imóveis geminados da rua Genebra desabou no início de janeiro último.

Abaixo algumas imagens cedidas que mostram o ocorrido.

clique na foto para ampliar

É realmente importante que imóveis antigos, sejam mantido preservado e em boas condições estruturais, pois o que aconteceu neste caso mostra as consequências de não se atentar as estruturas básicas de uma residência.

Da noite pro dia a história virou escombros.

Conheça outro imóvel catalogado nesta mesma rua:

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

8 respostas

  1. o problema do cidadão de bem deixar um espaço desse abandonado é que acaba facilitando a intervenção de vagabundos para transformar essas construções antigas em antros, o que acaba até inviabilizando que se aprecie a arquitetura da época (tanto pela descaracterização promovida por pichadores e outros vândalos que saiam quebrando tudo quanto por medo de ser vítima de violência)… e depois se quiserem viabilizar a ocupação do local por gente de bem novamente se gasta uma dinheirama com segurança…

  2. Parabéns ao ‘São Paulo Antiga’ e ao Douglas por disponibilizar aos cidadãos essa ferramenta, que é uma forma de nos mobilizarmos em torno daquilo que nos incomoda. Quem sabe, se chamarmos a atenção de muitos conseguiremos um mínimo de resultado.
    Já há algum tempo que eu observava esse casario da Rua Genebra e até tentei fazer algo sozinho (http://www.youtube.com/watch?v=FQmbkHT2pOU), mas acredito muito mais na máxima que diz “A União Faz a Força” !!
    Abraço a todos e vamos continuar nessa luta !

    1. Parabéns por seu empenho, sr. Fernando. Às vezes ando por lá, e lembra-me ter visto uma pessoa descendo as escadas em 2001. Talvez fosse invasão, como talvez o seja hoje, pois o portão está pintado e trancado.

      1. Nao leve a mal!
        Antes de tirar suas conclusões, pesquise antes ao menos se informe.
        Não há lá nenhum imovel invadido.
        O imovel q desabou ja havia sido informado ao poder publico sobre seu mal estado de conservação.
        E o mesmo se omitiu completamente a respeito.

  3. Entre os mencionados casarões da Rua Genebra – o de nº 256 e os “geminados” -provavelmente do final do século 19 e começo do 20,mas do outro lado da rua existe um edifício, o Genebra, que é muito interessante, com suas varandas arredondadas, e que ocupa todo terreno, como era permitido anos atrás.
    Assim, na mesma rua, na área central da cidade observa-se várias concepções de cidade, diferentes idéias e expectativas que se sobrepõem.

  4. só não entendi as intervenções que descaracterizem a originalidade. as casas mantem seus aspectos originais. não ha nenhuma invasão no local, nenhum “vagabundo” como colocado acima. os grafites foram autorizados.
    qualquer duvida, podem entrar em contato.

  5. Eu somente gostaria de entender o que significa “gente de bem” para o leitor acima. Gostaria mesmo. E sem malabarismos linguísticos, a grosso modo, “na lata”.

  6. Senhores, as casas não foram construídas em nível bem mais elevado, a rua era daquela altura mesmo. Acredito que para se adaptar à rua Maria Paula a rebaixaram o nível da rua. O interessante é reparar que o muro da casa da matéria “https://saopauloantiga.com.br/tag/casa-a-venda-na-rua-genebra/” fica no mesmo nível que as casas germinadas. E o mais interessante, fica exatamente no mesmo nível da rua Xavier de Toledo, após toda praça da Bandeira, mais de 500 metros depois.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: