Casarão – Rua Scuvero, 133

Quem passa pela rua Scuvero no Cambuci não deixa de notar dois casarões belíssimos que estão bem no início da rua, quase na rua do Lavapés.

Um dos casarões está em excelente estado de conservação com a fachada pintada etc, já o outro que apresentamos aqui está um pouco deteriorado, mas não perde sua majestade:

clique na foto para ampliar

 

Uma belíssima construção eclética da primeira metade do século XX, com uma grande área construída, apresentação robusta, garagem e belíssimos detalhes em toda a sua construção como janelas com desenhos bem particulares e vitrais.

No imóvel que está um pouco mal conservado é possível notar alguns pontos de deterioração como uma grande rachadura na fachada. No entanto o estado geral é bom e pode ser facilmente recuperado.

O imóvel está com uma placa de aluga-se, e se você procura um belo casarão para morar ou para estabelecer a sua empresa, está é uma excelente opção. Imóveis como este devem ser recuperados e ocupados e não esquecidos.

Confirma mais fotos do casarão (clique na imagem para ampliar):

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

32 respostas

  1. Lindo esse casarão, um raro exemplar do estilo missões…

    O que leva alguem a abandonar uma casa? Nem tanto pela idade do imóvel, mas por ser um local que deve ser um lar. Sempre me perguntei isso.

    A nossa sorte é que não está tão deplorável. Logo logo deve ser ocupado por alguma atividade.

    PS: Douglas, você deveria ter postado fotos do casarão ao lado, parece estar bonito

  2. Realmente, é um casarão lindíssimo em estilo Missões. Imagino o seu interior o quanto deve ser interessante. Tomara Deus que o recuperem, e retome sua beleza esquecida.

  3. Sou morador do bairro e conheço os casarões. Uma arquitetura belíssima. Está próximo a um outro imóvel antigo, onde situa-se a Casa do Sargento de São Paulo.

    Tomara que sejam restaurados.

  4. Moro Proximo desse casarão e sou apaixonada por ela. Agora não é ómente a placa de aluga-se, tem tambem de vende-se, gostaria de saber quanto querem nessa casa….

    ´Gostaria de visita-la por dentro….ela é majestosa, precisa ser cuidada urgentemente.

  5. Tenho grande fascínio por construções antigas, principalmente pelo que elas representam em termos de história (nem que seja somente a história das pessoas que ali viveram). Essa casa é realmente linda, encantadora, fiquei sem palavras… Gostaria de poder comprá-la e preservá-la para sempre…

  6. Incriveis essas obras de arquiteturas ainda preservadas, mesmo que nao tenham aparentemente o brilho do passado…
    Gostaria de conhecê-lo por dentro…
    Quanta história nao haverá em suas paredes…
    Elas devem coxixar durante a madrugada, chorarem seu abandono, clamarem por uma restauraçao.

  7. Vai acabar indo para leilão, não porque não pode ser comprada, muitas dessas casas não podem ser adquiridas. Como na casa da Av Diamante ai neste bairro, Os coreias derrubaram a casa belíssima, porque só conseguiram o documento do terreno. A casa (construção) pode estar no nome de alguém que está fora do pais por exemplo ou não constar como existir (nã paga IPTU por exemplo) …tempos da máfia que não voltam mais…

  8. É uma pena um casarão como esse estar tão deteriorado. Sempre que passava por alí me perguntava o porque de tal abandono. O imovel está situado num local bastante valorizado e não sendo utilizado para nada. É Pena.

  9. Hoje estou morando fora de sp, mas morei na rua Lavapés, que fica bem proximo a Scuvero…e desse casarão …. saudades…embranças… tpo que nao volta mais. Nostalgico…..

  10. Boa tarde, mora muito proxima e comecei a procurar historias sobre essa casa, e muitas outras da região….procurei informações sobre João Gazeau e pela historia que li é provavel que essa propriedade era dele, por que fala muito sobre arquitetura. Adoro imoveis antigos, de saber da historia pesquisar…Tambem gostaria muito de saber ano de construção, fotos antigas ou desenhos da região.
    Quem puder informar, nunca troquei informações sobre isso com ninguem e estou gostando muito desse site!
    Boa tarde a todos!

  11. Trabalho na Lins de Vasconcelos, sempre passo em frente deste casarão, ele está alugado e agora me parece que abriga um centro espirita “terreiro”, imaginem como disse o Gustavo acima, “quantas memorias estas paredes guardam” a casa não foi restaurada mais foi limpa..

  12. Deslumbrante!!! Gostaria de saber o valor dessa casa para venda. Espero que ela seja restaurada e nao derrubada como inumeras outras….

    1. Esse lindo casarão hoje em dia está sendo usado como oficina de moto,vi em uma publicação no twitter que o dono da oficina fala que a casa é linda por dentro e de vez em quando costuma ir algumas produtoras gravar alguma novela ou filme.

  13. Infelizmente consultando o Google, fotos de outubro de 2014, ela permanece da mesma forma, nada mudou…ate a rachadura permanece lá,,,,,

  14. De fato precisa de certos reparos: consertar a rachadura, parte do telhado, de pelo menos uma janela envidraçada à maneira de vitral e tirar a ferrugem do portão de acesso à garagem.

  15. Mais acima, por volta do numero 260, há um sobrado construído por um tio-avô meu nos anos 1930. Resiste até hoje, apesar de estar meio caído.

  16. Espero que preservem esse lindo casarão. A história da minha família, principalmente de minha avó materna passa pelo Cambuci. Ela morou nesse bairro, perto do Largo do Cambuci, nas décadas de 1920 e 1930, e se mudou para o Ipiranga, no terreno que meu avô comprou, no início da década de 1930, para poder construir a casa própria. O casal e os quatro filhos viveram bom um bom tempo lá, aí os que se casaram foram se mudando, só minha mãe se casou e permaneceu vivendo com meu pai e minha avó na casa (há poucos anos, infelizmente demolida) da Rua Mauricio de Castilho 30 (em frente da Praça Pedro de Carvalho). Havia histórias incríveis da Vila São José, no Ipiranga, que se perderam porque os moradores mais antigos faleceram. Pena que não foram documentadas, se tivessem sido dariam um belíssimo livro. Exemplo: sessões de cinema públicas, ao ar livre, às noites, em que eram exibidos os filmes de O Gordo E O Magro, entre outros eventos e histórias.

  17. Bom dia Douglas, tudo bem?
    Passei na frente dela pela primeira vez a dois meses e me apaixonei. Agora fico passando na frente direto só pra olhar, admirar e ficar imaginando quem viveu ali e como ela é por dentro. Ela realmente é linda. Queria saber se você tem mais informações. Quem é o dono dela? Porque ela está abandonada a tanto tempo? Queria resolver esse mistério kkkkkk

  18. Bom dia, achei interessante estas fotos de casas antigas. Eu adoro construções antigas, muitas delas com suas maravilhosas construções, com muitos detalhes e caprichos, é triste saber que algumas são demolidas para darem lugar a imóveis quadrados e sem graça. Conheço o dono deste casarão. Espero que se for vendida que seja para um restaurador ou amante do bom gosto de arquitetura.

  19. Acho o site maravilhoso, sou apaixonado pelo passado porem tem uma coisa que me incomoda demais, e não saber as historias de quem morava no imovel ; a quem pertencé atualmente coisas assim , mas tá muito bom msm obrigado e bom trabalho.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: