Casarão – Avenida 9 de Julho, 4108

Para quem passa pela avenida 9 de julho, é muito difícil identificar este casarão que está quase na esquina da avenida Brasil, bem ao lado de outro grande casarão abandonado já cadastrado aqui.

Este imóvel, que fica no número 4108, está fechado há muitos anos e embora apresente-se em estado de abandono, tem dono e é protegido por vigias.

A explicação do abandono deste imóvel é percebida ao olhar para a construção inacabada que encontra-se ao lado do casarão (veja mapa). Em 2006, o grupo SP Japan Motors adquiriu três lotes nesta avenida entre eles o que se encontra o casarão. O objetivo, demolir o casarão e construir um grande showroom da empresa.

A obra foi autorizada inicialmente pela prefeitura, mas logo depois houve uma proibição de unir os lotes comprados e desde então está tudo parado. Neste período o estado de abandono do imóvel (e da construção inacabada ao lado) aumentaram bastante, o mato cresceu muito, e os tapumes colocados nos lotes citados tornam a visão deste trecho da avenida 9 de julho um tanto desagradável.

Qual será o destino deste velho casarão ? Protegê-lo da demolição deve ser uma prioridade para a prefeitura e, claro, devem liberar mediante isso, que o proprietário termine sua construção ao lado de uma vez por todas.

Confira outras fotos deste imóvel:

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

5 respostas

  1. DEMOLIR O IMOVEL PARA FAZER SHOWROM DE EMPRESA ,ISTO ÉO FIM DO MUNDO .TEM Q SER PROTEGIDO DE IMEDIATO ESSE ESPETACULAR CASARÃO .CADE O ORGÃOS DO PRESERVAÇAO?ESTE IMVEL NÃO PODE SER DEMOLIDO NUNCA ,E SIM RESTAURADO

  2. Na 9 de julhos existem diversos casarões vazios, fechados ou abandonados.
    Uma pena.

  3. Espero mesmo que a Prefeitura de SP não autorize a demolição. Imóveis desse tipo devem ser restaurados e preservados, pois contam uma parte da história da nossa cidade.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: