Biblioteca Municipal de Cubatão

Uma visita nossa ao município paulista de Cubatão, revelou uma série de construções históricas pouco conhecidas não só do paulista em geral, como dos próprios cubatenses. Assim, apresentamos aqui o Largo do Sapo e agora trazemos a biblioteca da cidade.

clique na foto para ampliar

Localizada na Avenida 9 de Abril, a construção que abriga a Biblioteca Municipal Professor João Rangel Simões é um dos prédios históricos mais relevantes e antigos da cidade.

A edificação, inaugurada em 1936, foi inicialmente uma escola, o Grupo Escolar Júlio Conceição. Juntamente com a instituição de ensino funcionava também um posto de tratamento dentário, também pioneiro na cidade.

Na foto, a construção quando ainda era um grupo escolar

Além de grande importância para o ensino em Cubatão, o imóvel que abriga a biblioteca tem grande relevância na história da cidade. Foi lá dentro que começaram os debates sobre a emancipação de Cubatão, a época ainda ligada a Santos. A ideia do plebiscito surgiu dali e virou realidade em 17 de outubro de 1948, quando o sim venceu pelo placar de 1017 votos, com 82 votos contrários e 1 voto em branco.

Em 1958 a escola saiu do edifício e nos anos seguintes uma série de modificações tomaram conta do local. Ao fundo uma nova edificação anexa foi construída e na frente o muro foi removido, por conta do alargamento da avenida, que precisou readequar também as calçadas.

Detalhe da fachada (clique para ampliar)

Com a saída do grupo escolar o imóvel abrigou, entre 1962 e 1970, a sede da prefeitura cubatense. Na década de 70 o imóvel também abrigou o conservatório musical da cidade. A biblioteca só chegaria ao edifício em 1981.

O belo edifício, apesar de estar carente de uma nova pintura e um trabalho de restauro está bem preservado nas condições gerais. Tombado como patrimônio histórico e cultural da cidade desde 2007 o prédio abriga, além da biblioteca, o CONDEPAC órgão cubatense de defesa do patrimônio artístico e cultural da cidade.

Atualmente a biblioteca contém um acervo de cerca de 40 mil títulos.

Veja mais fotos:

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

3 respostas

  1. Quando vcs foram lá, pq essa biblioteca está há mais de um ano interditada… É um descaso

  2. Eu, sinceramente, não fazia ideia que Cubatão tinha tantas construções belas, pois desde aquele trágico incêndio em Vila Socó, parece que a cidade só ficou marcada por aquilo (sim, eu estou ficando velho). Felizmente esse site está mostrando que a cidade não é só marcada por desgraças.

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: