Casa Demolida – Rua Barão de Iguape, 262

Desde que o São Paulo Antiga foi lançado, em janeiro de 2009, fazemos uma peregrinação semanal pelos bairros da capital e outras cidades paulistas em busca de casas antigas interessantes e relevantes para fotografar.

O que está publicado não chega a 10% do conteúdo que já fotografamos, e muitas vezes acontece de algum lugar que já visitamos nem existir mais. É o caso desta simpática casa antiga que foi demolida no bairro da Liberdade:

Foto: Divulgação

Localizado no número 262 da rua Barão de Iguape, este imóvel foi abaixo no primeiro semestre de 2014. Até então permaneceu desocupado alguns anos, mas sempre esteve bem preservado.

Um colaborador do site enviou estas fotografias no final de 2013, mas infelizmente ficou perdido até ontem em nossos arquivos. Agora finalmente o conteúdo vai ao ar.

clique na foto para ampliar
clique na foto para ampliar

A pequena residência era uma típica construção do início do século 20, com seu terreno estreito e comprido. A fachada, apesar de simples, era rica em detalhes, apresentando molduras diferenciadas nas janelas.

Mesmo passado mais de um século desde sua construção, todos os detalhes originais estavam preservados, tal qual o portão de ferro e a esquadria das janelas com os vidros na parte externa.

Divulgação

É uma pena que a casa foi demolida. Em seu lugar está sendo instalado um ponto comercial.

Veja abaixo mais fotos do imóvel:

clique na foto para ampliar
clique na foto para ampliar

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Gostaríamos de creditar o autor das fotografias, mas perdemos os dados. Por favor, ao ler este artigo, identifique-se!

Compartilhe este texto em suas redes sociais:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Siga nossas redes sociais:
pesquise em nosso site:
ouça a nossa playlist:

10 respostas

  1. O ponto comercial poderia muito bem ali se instalar sem necessidade de demolição, apenas preservação! Mas quanto tempo ainda levará para as pessoas se conscientizarem a importância de manter as raízes históricas, culturais, arquitetônicas e econômicas íntegras?

    1. Sei não… não quero fazer o advogado do diabo aqui no site, mas pela região em que a casa fica, como imóvel residencial, ninguém ia querer devido a degradação do lugar e como imóvel comercial, a gente não sabe qual seria o propósito do comprador para o mesmo e se o propósito dele daria para preservar a arquitetura original do imóvel sem ter de mexer, se pelo menos essa casa ficasse em outro bairro, até daria para preserva-la, mas no lugar onde ela está, infelizmente fica difícil.

  2. É impressionante como nas casas antigas, mesmo as mais simples e principalmente as localizadas no centro, havia uma preocupação com a beleza arquitetônica, bem diferente do despojamento brutalista de hoje em dia.

  3. Prezado Douglas saberia me dizer o significado daquela plaqueta G.N.P. abaixo do número da casa? Tenho uma vaga lembrança de ter uma dessas (ou parecida) numa casa onde morei no início dos anos 70 na Rua Bahia, em Higienópolis

  4. Realmente é um crime contra a memória, história e cultura de São Paulo. O Patrimônio Histórico deveria estar muito mais preservado e cuidado pelo poder público e pelas pessoas de um modo geral para que esta demolição e inúmeras outras não tivessem acontecido. É lamentável!

  5. Estou completamente encantada com esse site!
    Vocês estão de parabéns pelo magnífico trabalho!!!

    Estou “maratonando” esse site desde ontem, e a cada história, a cada fotografia é como se eu me teletransportasse para cada época datada.
    Apesar que não posso me esquecer de falar o quanto é triste ver cada obra prima, como essa da imagem, ser demolida, é uma parte da nossa história que vai embora a cada tijolo caído no chão.

    Gostaria de fazer um pedido.
    Não deixe esse site “morrer”, mantenha viva essa nossa história.

    Parabéns! Gratidão!!!

    Iara Magalhães / 26 anos
    Novo Horizonte / interior de São Paulo

Deixe um comentário!

%d blogueiros gostam disto: